Printer Friendly

Self explaining meta-paper/Meta-artigo auto exemplificativo.

Introducao

De modo a conseguir-se reunir, nas revistas :Estudio, Gama, e Croma, um conjunto consistente de artigos com a qualidade desejada, e tambem para facilitar o tratamento na preparacao das edicoes, solicita-se aos autores que seja seguida a formatacao do artigo tal como este documento foi composto. O modo mais facil de o fazer e aproveitar este mesmo ficheiro e substituir o seu conteudo.

Nesta seccao de introducao apresenta-se o tema e o proposito do artigo em termos claros e sucintos. No que respeita ao tema, ele compreendera, segundo a proposta da revista, a visita a(s) obra(s) de um criador--e e este o local para uma apresentacao muito breve dos dados pessoais desse criador, tais como datas e locais (nascimento, graduacao) e um ou dois pontos relevantes da atividade profissional. Nao se trata de uma biografia, apenas uma curta apresentacao de enquadramento redigida com muita brevidade.

Nesta seccao pode tambem enunciar-se a estrutura ou a metodologia de abordagem que se vai seguir no desenvolvimento.

1. Modelo da pagina

[este e o titulo do primeiro capitulo do corpo do artigo; caso existam subcapitulos deverao ser numerados, por exemplo 1.1 ou 1.1.1 sem ponto no final da sua sequencia]

Utiliza-se a fonte "Times New Roman" do Word para Windows (apenas "Times" se estiver a converter do Mac, nao usar a "Times New Roman" do Mac). O espacamento normal e de 1,5 exceto na zona dos resumos, ao inicio, blocos citados e na zona das referencias bibliograficas, onde passa a um espaco. Todos os paragrafos tem espacamento zero, antes e depois. Nao se usa auto-texto exceto na numeracao das paginas (a direita em baixo). As aspas, do tipo vertical, terminam apos os sinais de pontuacao, como por exemplo "fecho de aspas duplas."

Para que o processo de arbitragem (peer review) seja do tipo double-blind, eliminar deste ficheiro qualquer referencia ao autor, inclusive das propriedades do ficheiro. Nao fazer auto referencias nesta fase da submissao.

2. Citacoes

A revista nao permite o uso de notas de rodape, ou pe de pagina. Observam-se como normas de citacao as do sistema 'autor, data,' ou 'Harvard,' sem o uso de notas de rodape. Recordam-se alguns tipos de citacoes:

--Citacao curta, incluida no correr do texto (com aspas verti cais simples, se for muito curta, duplas se for maior que tres ou quatro palavras);

--Citacao longa, em bloco destacado.

--Citacao conceptual (nao ha importacao de texto ipsis verbis, e pode referir-se ao texto exterior de modo localizado ou em termos gerais).

Como exemplo da citacao curta (menos de duas linhas) recorda-se que 'quanto mais se restringe o campo, melhor se trabalha e com maior seguranca' (Eco, 2004: 39).

Como exemplo da citacao longa, em bloco destacado, apontam-se os perigos de uma abordagem menos focada, referidos a proposito da escolha de um tema de tese:

Se ele [o autor] se interessa por literatura, o seu primeiro impulso e fazer uma tese do genero A Literatura Hoje, tendo de restringir o tema, querera escolher A literatura italiana desde o pos-guerra ate aos anos 60. Estas teses saoperigosissimas (Eco, 2004: 35).

[Italico, Times 11, um espaco, alinhamento ajustado (ou 'justificado,' referencia 'autor, data' no final fora da zona italico]

Como exemplo da citacao conceptual localizada exemplifica-se apontando que a escolha do assunto de um trabalho academico tem algumas regras recomendaveis (Eco, 2004: 33).

Como exemplo de uma citacao conceptual geral aponta-se a metodologia global quanto a redacao de trabalhos academicos (Eco, 2004).

Sugere-se a consulta de atas dos congressos CSO anteriores (Queiroz, 2014) ou de alguns dos artigos publicados na Revista :Estudio (Nascimento & Maneschy, 2014), na Revista Gama (Barachini, 2014), ou na Revista Croma (Barrio de Mendoza, 2014) para citar apenas alguns e exemplificar as referencias bibliograficas respetivas, ao final deste texto.

3. Figuras ou Quadros

No texto do artigo, os extra-textos podem ser apenas de dois tipos: Figuras ou Quadros.

Na categoria Figura inclui-se todo o tipo de imagem, desenho, fotografia, grafico, e e legendada por baixo. Apresenta-se uma Figura a titulo meramente ilustrativo quanto a apresentacao, legendagem e ancoragem. A Figura tem sempre a 'ancora' no correr do texto, como se faz nesta mesma frase (Figura 1).

O autor do artigo e o responsavel pela autorizacao da reproducao da obra (notar que so os autores da CE que faleceram ha mais de 70 anos tem a reproducao do seu trabalho bidimensional em dominio publico).

Se o autor do artigo e o autor da fotografia ou de outro qualquer grafico assinala o facto como se exemplifica na Figura 2.

Caso o autor sinta dificuldade em manipular as imagens inseridas no texto pode optar por apresenta-las no final, apos o capitulo 'Referencias,' de modo sequente, uma por pagina, e com a respetiva legenda. Todas as Figuras e Quadros tem de ser referidas no correr do texto, com a respetiva 'ancora.'

Na categoria 'Quadro' estao as tabelas que, ao inves, sao legendadas por cima. Tambem tem sempre a sua ancora no texto, como se faz nesta mesma frase (Quadro 1).

4. Sobre as referencias

O capitulo 'Referencias' apresenta as fontes citadas no correr do texto, e apenas essas. O capitulo 'Referencias' e unico e nao e dividido em subcapitulos.

Conclusao

A Conclusao, a exemplo da Introducao e das Referencias, nao e uma seccao numerada e apresenta uma sintese que resume e torna mais claro o corpo e argumento do artigo, apresentando os pontos de vista com concisao.

O presente artigo podera contribuir para estabelecer uma norma de redacao de comunicacoes aplicavel as publicacoes :Estudio, Gama e Croma, promovendo ao mesmo tempo o conhecimento produzido por artistas e comunicado por outros artistas: trata-se de estabelecer patamares eficazes de comunicacao entre criadores dentro de uma orientacao descentrada e atenta aos novos discursos sobre arte.

Referencias

Barachini, Teresinha (2014) "Jose Resende: gestos que estruturam espacos." Revista Gama, Estudos Artisticos. ISSN 2182-8539 e-ISSN2182-8725. Vol. 2 (4): 145-153.

Barrio de Mendoza, Mihaela Radulescu (2014) "Arte e historia: El 'Articulo 6' de Lucia Cuba." Revista Croma, Estudos Artisticos. ISSN 2182-8547, e-ISSN 21828717. Vol. 2 (3): 77-86.

Eco, Umberto (2007) Como se Faz uma Tese em Ciencias Humanas. Lisboa: Presenca. ISBN: 978-972-23-1351-3

Nascimento, Cinthya Marques do & Maneschy, Orlando Franco (2014) "Sinval Garcia e os fluxos incessantes em Samsara." Revista :Estudio. ISSN: 1647-6158 eISSN: 1647-7316. Vol. 5 (10): 90-96.

Queiroz, Joao Paulo (Ed.) (2014) Arte Contemporanea: o V Congresso CSO'2014. Lisboa: Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa & Centro de Investigacao e Estudos em Belas-Artes. 1009 pp. ISBN: 978-989-8300-93-5 [Consult. 2015-02-18] Disponivel em URL: http://cso.fba.ul.pt/atas.htm

Artigo completo submetido a [dia] de [mes] de [ano]

Caption: Figura 1. Amadeo de Souza-Cardoso, Entrada, 1917. Oleo e colagem sobre tela (espelho, madeira, cola e areia). Colecao Centro de Arte Moderna, Fundacao Calouste Gulbenkian, Lisboa. Fonte: http://commons.wikimedia.org/wiki/ Portugal#mediaviewer/File:Cardoso01.jpg

Caption: Figura 2. Uma sessao plenaria do I Congresso Internacional CSO'2010, na Faculdade de Belas-Artes, Universidade de Lisboa, Portugal. Fonte: propria.
Quadro 1. Exemplo de um Quadro. Fonte: autor.

1           2       3
4           5       6
7           8       9
COPYRIGHT 2018 Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa
No portion of this article can be reproduced without the express written permission from the copyright holder.
Copyright 2018 Gale, Cengage Learning. All rights reserved.

Article Details
Printer friendly Cite/link Email Feedback
Title Annotation:3. :Estudio, publishing directions/:Estudio, normas de publicacao
Publication:Estudio
Date:Oct 1, 2018
Words:1172
Previous Article:Marginal system: the collection in Sara Ramo/Sistema marginal: a colecao em Sara Ramo.

Terms of use | Privacy policy | Copyright © 2019 Farlex, Inc. | Feedback | For webmasters