Printer Friendly

Noticias.

Esta secao destina-se a divulgar as teses e as dissertacoes dos alunos do Programa de Pos-graduacao em Historia, da UFF, assim como as teses dos professores do Departamento.

A Athenas Equinocial: A fundacao de um Maranhao no Imperio brasileiro

Jose Henrique de Paula Borralho

Defesa: 08/01/2009 -- Doutorado

Banca: Magali Gouveia Engel (orientadora), Matthias Wolfram Orhan Rohrig Assuncao (University of Essex), Ilmar Rohloff de Mattos (PUC/ RJ), Theo Lobarinhas Pineiro (UFF), Adriana Facina Gurgel do Amaral (UFF)

Apos o rompimento politico com a antiga metropole (Portugal) em 1822, no Brasil comecavam a se desenhar projetos da nacao pautados na coesao dos setores dominantes com o fito da manutencao dos estatutos da escravidao, dos interesses das fracoes das classes dirigentes, nos privilegios e na perpetuacao da estrutura politica que beneficiava determinados grupos existentes antes do rompimento. No Maranhao, a ligacao com a antiga metropole foi um empecilho, a principio, para a nova configuracao politica que se desenhava no Brasil, acrescentada da desconfianca do centralismo burocratico, capitaneado pelo Rio de Janeiro, fazendo com que a incorporacao do Maranhao ao imperio so acontecesse em 28 de julho de 1823, sendo a penultima provincia a "aderir" a independencia brasileira, so superada pelo Para. Uma vez rompidos os lacos com Portugal, era a hora dos setores dominantes no Maranhao, familias abastadas, organizarem o espaco de dominacao sociopolitico da provincia negociando a participacao e a forma de estruturacao da nacao emergente, ou seja, articularem a insercao do Maranhao no imperio visando a permanencia de seus privilegios.

O Banco Mundial como ator politico, intelectual e financeiro (1944-2008)

Joao Marcio Mendes Pereira

Defesa: 13/01/2009 -- Doutorado

Banca: Virginia Maria Gomes de Mattos Fontes (orientadora), Marcela Alejandra Pronko (FIOCRUZ), Jose Luis da Costa Fiori (UFRJ), Roberto Leher (UFRJ), Carlos Walter Porto Goncalves (UFF/ Geografia)

O foco desta pesquisa e a acao do Banco Mundial, as pressoes que a modelaram e os interesses a que serviu ao longo da sua historia. O trabalho se apoia empiricamente em fontes documentais do proprio Banco e em extensa literatura estrangeira. A hipotese central e de que o Banco age, desde as suas origens, como um ator politico, intelectual e financeiro, e o faz devido a sua condicao singular de emprestador, formulador de politicas, ator social e produtor e/ou veiculador de ideias sobre o que fazer, como fazer, quem deve fazer e para quem em materia de desenvolvimento capitalista.

Heitor Villa-Lobos, O Musico Educador

Mirelle Ferreira Borges

Defesa: 14/01/2009 -- Mestrado

Banca: Jorge Luiz Ferreira (orientador), Ricardo Figueiredo de Castro (UFRJ), Rebeca Gontijo Teixeira (UFRRJ)

Pretendo recuperar o pensamento de Villa-Lobos enquanto educador e analisar a relacao entre Estado e Intelectuais no periodo de 1932 a 1945, utilizando os conceitos e metodos oferecidos pela Historia das Ideias e pela Historia Politica Renovada. A partir dos anos de 1930, o maestro colocou em pratica o seu projeto do canto orfeonico, cujo objetivo era ensinar a musica nas escolas, despertar o civismo e unir a nacao, que cantaria a uma so voz. Apresentando a sua estetica monumental, Villa-Lobos inseriu-se num grupo de intelectuais que, a partir do apoio estatal, percebeu a possibilidade de colocar em pratica os seus projetos.

Os Judeus em Niteroi: Imigracao, Cidade e Memoria 1910-1980

Andrea Telo da Corte

Defesa: 11/03/2009 -- Doutorado

Banca: Ismenia de Lima Martins (orientadora), Lena Medeiros de Menezes (UERJ), Monica Grin Monteiro de Barros (UFRJ), Maria Luiza Tucci Carneiro (USP), Rachel Soihet (UFF)

Especificamente, investiga-se como os "judeus" que chegaram a Niteroi na primeira metade do seculo XX, originarios, em sua maioria, da Polonia, Russia, e da antiga Bessarabia, vao, recortados por todo tipo de conflitos -- ideologicos, de classe, nacionais e linguisticos --, constituir novas identificacoes, negociar antigas e novas, e forjar uma identidade particular entre as diversas comunidades judaicas brasileiras, em meio ao tumultuado contexto politico do seculo XX no pais. A delicada relacao entre historia e memoria e posta em evidencia ao longo do texto.

De "Ares e Luzes"a "Inferno Humano". Concepcoes e praticas psiquiatricas no Hospital Colonia de Barbacena: 1946-1979. Estudo de Caso

Maristela Nascimento Duarte

Defesa: 16/03/2009 -- Doutorado

Banca: Magali Gouveia Engel (orientadora), Izabel Christina Friche Passos (UFMG), Paulo Duarte de Carvalho Amarante (FIOCRUZ), Andre Luiz Vieira de Campos (UFF/UERJ), Cristiana Facchinetti (FIOCRUZ)

Utilizando fontes primarias impressas e recursos de historia oral por meio de entrevistas, buscou-se recuperar as concepcoes e praticas presentes no campo psiquiatrico mineiro e, principalmente, no Hospital Colonia de Barbacena. Fez-se importante, ainda, buscar em abordagens elaboradas por diversos autores as transformacoes economicas, sociais e politicas ocorridas no Brasil durante o periodo enfocado por este estudo. Essas fontes forneceram substrato teorico que possibilitou uma articulacao teorica sobre os desenvolvimentos politico (construcao da Nacao) e economico (planos de desenvolvimento economico). Nesse sentido, identificou-se e analisou-se a assistencia prestada pelas politicas de saude e de saude mental e seus respectivos impactos nas instituicoes psiquiatricas.

O plebiscito de 1963: inflexao de forcas na crise organica dos anos sessenta

Demian Bezerra de Melo

Defesa: 18/03/2009 -- Mestrado

Banca: Virginia Maria Gomes de Mattos Fontes (orientadora), Renato Luis do Couto Neto e Lemos (UFRJ), Marcelo Badaro Mattos (UFF)

Este trabalho discute as lutas politicas levadas a cabo pelo presidente Joao Goulart (1961-1964) e um amplo espectro de forcas politicas pela liquidacao do sistema parlamentarista. Este ultimo foi instituido de forma casuistica apos a crise politica provocada pela renuncia de Janio Quadros em agosto de 1961, e a tentativa dos ministros militares deste em impedir que o vice-presidente, Joao Goulart, assumisse o Executivo federal.

Medal of Honor e a construcao da memoria da II Guerra Mundial

Christiano Britto Monteiro dos Santos

Defesa: 18/03/2009 -- Mestrado

Banca: Samantha Viz Quadrat (orientadora), Ana Maria Mauad de Sousa Andrade Essus (UFF), Sabrina Evangelista Medeiros (UFRJ)

Esta dissertacao analisa a construcao de tipos de memorias da Segunda Guerra Mundial e de guerras, atraves da producao dos videogames, mais especificamente a serie Medal of Honor. Expoe os jogos eletronicos como recurso de exposicao de visoes peculiares sobre eventos historicos. Dentro desta possibilidade, a contribuicao de Spielberg e Stephen Ambrose para a producao e divulgacao de um conjunto de icones ideais, que sao atribuidos aos veteranos da Segunda Guerra Mundial.

Limites do ultramar portugues, possibilidades para Angola: O debate politico em torno do problema colonial (1951-1975)

Carolina Barros Tavares Peixoto

Defesa: 20/03/2009 -- Doutorado

Banca: Marcelo Bittencourt Ivair Pinto (orientador), Flavio Limoncic (UNIRIO), Alexsander Lemos de Almeida Gebara (UFF)

Considerando o colonialismo e o anticolonialismo como contrarios dialeticos, investigamos as ideias que orientaram as acoes politicas de portugueses e angolanos em busca de solucoes para o problema colonial entre 1951 e 1975. Analisando as multiplas leituras sobre o tema e o amplo leque de possibilidades imaginadas e debatidas pelos agentes sociais atuantes no processo historico em questao, esperamos esclarecer a complexa dinamica das discussoes que permitiram a construcao da independencia de Angola.

Vida Publica e Vida Privada no Egito do Reino Medio (c. 2040 - 1640 a.C.)

Liliane Cristina Coelho

Defesa: 20/03/2009 -- Mestrado

Banca: Ciro Flamarion Santana Cardoso (orientador), Regina Maria da Cunha Bustamante (UFRJ), Margaret Marchiori Bakos (UFRGS)

A cidade de Kahun foi construida durante o Reino Medio por ordem do farao Senusret II para abrigar os artesaos responsaveis pela construcao de sua piramide e os sacerdotes que estavam a servico de seu culto funerario. Dividida em duas partes, uma formada por casas pequenas habitadas pelos trabalhadores e outra composta por grandes residencias que abrigavam a elite, nela foram encontrados muitos artefatos que podem nos ajudar para a construcao de uma historia da vida publica e da vida privada de seus habitantes.

O olhar decorativo: Ambientes domesticos em fins do seculo XIX no Rio de Janeiro

Marize Malta Teixeira

Defesa: 23/03/2009 -- Doutorado

Banca: Paulo Knauss de Mendonca (orientador), Sonia Gomes Pereira (UFRJ), Rafael Cardoso Denis (PUC/ RJ), Nelson Schapochnik (USP), Ana Maria Mauad de Sousa Andrade Es sus (UFF)

Algumas casas na cidade do Rio de Janeiro por volta do ultimo quarto do seculo XIX se destacaram por representar um modo diferente de pensar seus espacos interiores. A decoracao tornou-se assunto de interesse crescente pelas familias da boa sociedade, atraindo grande quantidade e diversidade de moveis e objetos porta adentro. Ver esses ambientes domesticos como lugares decorativos demandaram um olhar especifico -- o olhar decorativo. A partir do conceito de cultura visual, procuramos enfrentar a problematica do decorativo quanto a sua definicao, historicidade, natureza, valorizacao, representacao. Trabalhamos com dois grandes eixos de fontes: um em que se evidencia a educacao do olhar decorativo e o outro que lida com a construcao das competencias visuais que possibilitaram e deram visibilidade ao decorativo, por intermedio de fontes visuais e/ ou textuais.

Trabalho e desemprego na Argentina (1996-2007): constituicao da subjetividade e da acao politica dos grupos subalternos

Renake Bertholdo David das Neves

Defesa: 23/03/2009 -- Mestrado

Banca: Norberto Osvaldo Ferreras (orientador), Marcelo Badaro Mattos (UFF), Jose Ricardo Garcia Pereira Ramalho (UFRJ)

Esta dissertacao pretende apresentar alguns aspectos da constituicao da subjetividade da classe trabalhadora no capitalismo contemporaneo, tomando como objeto de analise a fracao dos grupos subalternos que constitui o Movimento de Trabalhadores Desempregados na Argentina. Apos uma contextualizacao socioeconomica, procedemos a um exame da formacao das organizacoes piqueteiras nos bairros pobres da Grande Buenos Aires, tentando mostrar como, de maneira geral, estas requalificaram o fenomeno de "inscricao territorial" que vinha se desenvolvendo desde os anos 1980, dentro de um processo de repolitizacao dos grupos subalternos nos grandes centros urbanos do pais.

A Construcao de Modelos e Contramodelos Regios na Obra de Fernao Lopes (seculo XV)

Augusto Ricardo Effgen

Defesa: 24/03/2009 -- Mestrado

Banca: Roberto Godofredo Fabri Ferreira (orientador), Miriam Cabral Coser (UFRRJ), Edmar Checon de Freitas (UFF)

Neste estudo analisa-se a construcao das imagens regias nas cronicas de Fernao Lopes, escritas na primeira metade do seculo XV. Em seu conteudo textual sao estudadas as imagens regias passiveis de serem classificadas como modelos ou contramodelos de reis portugueses. A partir da analise semantica que privilegia as relacoes de associacao, oposicao e identidade, busca-se compreender os processos de construcao dessas imagens. Demonstrando as qualidades, vicios e virtudes inerentes a cada uma delas, foram selecionadas as imagens de D. Afonso Henriques, D. Dinis e D. Joao I como imagens de reis modelares, e as de D. Fernando e D. Sancho II como contramodelos de reis.

As Mulheres de "PARAIBURGO": Representacoes de genero em jornais de Juiz de Fora/MG (1964 a 1975)

Rita de Cassia Vianna Rosa

Defesa: 24/03/2009 -- Mestrado

Banca: Rachel Soihet (orientadora), Samantha Viz Quadrat (UFF), Sonia Cristina da Fonseca Machado Lino (UFJF)

Este estudo tem como objetivo analisar as representacoes de genero construidas na imprensa de Juiz de Fora no periodo de 1964 a 1975, com enfase nos jornais Diario Mercantil e Diario da Tarde. Editados em uma cidade do interior de Minas Gerais em um contexto de ditadura no Brasil e tambem de avancos em termos de conquistas femininas, os referidos jornais contribuiram na demarcacao de espacos delimitados por fronteiras nem sempre visiveis, que deveriam ser ocupados por mulheres dos diversos segmentos da sociedade. Assim, as representacoes de genero valorizaram determinados grupos de mulheres e reportaram com negatividade aquelas que nao estavam em consonancia com valores defendidos pela sociedade, que valorizava a mulher atenta ao "ser" e "parecer direita".

As duas faces da realeza na Castela do seculo XIII: Os reinados de Fernando III e Afonso X

Almir Marques de Souza Junior

Defesa: 25/03/2009 -- Mestrado

Banca: Mario Jorge da Motta Bastos (orientador), Vania Leite Froes (UFF), Andreia Cristina Lopes Frazao da Silva (UFRJ)

Esta pesquisa analisa as formas de representacao e as imagens da realeza castelhano-leonesa no seculo XIII. Nosso foco recaira, principalmente, sobre dois reinados em particular, os de Fernando III (1217-1252) e de Afonso X (1252-1284), monarcas cujas autoridades tomaram, aparentemente, bases distintas. O primeiro apresentava-se como um rei guerreiro, um cavaleiro a servico de Cristo, que, assim como os cruzados, combatia os inimigos da fe. O segundo afirmou-se como um rei letrado, autor de belas obras, um trovador, um amante da cultura e das leis, um rei sabio. Tendo em vista que ambos os governantes sucederam-se no trono, abordamos as razoes que fomentaram a projecao de imagens tao dispares em contextos tao proximos.

O moderno em aberto: O mundo das artes em Belem do Para e a pintura de Antonieta Santos Feio

Caroline Fernandes Silva

Defesa: 26/03/2009 -- Mestrado

Banca: Paulo Knauss de Mendonca (orientador), Roberto Luis Torres Conduru (UERJ), Luciene Lehmkuhl (UFU)

Os mundos da arte na cidade de Belem do Para sao o ponto de partida deste trabalho para a analise das obras de arte e dos varios significados atribuidos a elas. Nesse intuito, foram percorridos os caminhos da construcao de uma colecao publica, a Pinacoteca Municipal, passando pela oficializacao dos saloes de arte na decada de 1940, como parte do processo de institucionalizacao das artes na capital do estado e, finalmente, acompanhando a trajetoria da pintora paraense Antonieta Santos Feio, suas incursoes e dialogos com o moderno.

A exemplaridade nas representacoes do feminino no final da Idade Media -- o exemplo do Decamerao e do De mulieribus claris de Boccaccio (Florenca seculo XIV)

Ana Carolina Lima Almeida

Defesa: 26/03/2009 -- Mestrado

Banca: Vania Leite Froes (orientadora), Roberto Godofredo Fabri Ferreira (UFF), Miriam Cabral Coser (UFRRJ)

As questoes que esta pesquisa aborda inserem-se no contexto da Italia, particularmente da Florenca do seculo XIV. Trata-se das representacoes do feminino e das relacoes dessas representacoes com o pre-humanismo atraves da reformulacao da sociedade por meio das virtudes femininas existentes em fontes do Trecento italiano, especialmente nas obras Decamerao e De mulieribus claris de Giovanni Boccaccio. Por meio das virtudes e de suas relacoes com a sociedade, depreendeu-se o projeto desse autor para discutir as virtudes urbanas da Florenca do seculo XIV.

O Paraiso Terrestre: A obra de Dante Alighieri e a construcao de um espaco de felicidade no mundo

Maria Eugenia Bertarelli

Defesa: 27/03/2009 -- Doutorado

Banca: Vania Leite Froes (orientadora), Paulo Sergio Faitanin (UFF), Francisco Jose Silva Gomes (UFRJ), Moises Romanazzi Torres (UFSJ), Marco Americo Lucchesi (UFRJ)

Ao estudarmos a nocao de Paraiso Terrestre na obra de Dante Alighieri entendemos que o poeta florentino apresenta uma ideia um tanto distinta daquela corrente em seu tempo. A originalidade nao estaria no requinte imaginativo da descricao da paisagem idilica, e sim pela concepcao de um lugar de realizacao da "beatitudinem scilicet huius vite". Mais do que um lugar propriamente entendido, representaria um espaco-tempo de realizacao da "temporalem felicitatem", onde o florentino se permite pensar numa sociedade idealizada como etapa perfeita antes da "beatitudinem vite eterne".

O Tempo e a Noticia -- Em Cima da Hora: o imediato na Historia

Juliana Holanda Menezes Martins

Defesa: 30/03/2009 -- Mestrado

Banca: Ana Maria Mauad de Sousa Andrade Essus (orientadora), Joelle Rachel Rouchou (Fundacao Casa de Rui Barbosa), Marialva Carlos Barbosa (UFF/ Comunicacao)

Avaliar como passado, presente e futuro se articulam na noticia veiculada num canal de jornalismo 24 horas no ar e o objetivo central desta dissertacao. O Em Cima da Hora, que vai ao ar de hora em hora, pelo canal de TV por assinatura Globo News, e o telejornal escolhido para analisar o tempo na construcao da noticia, levando em consideracao que na sociedade contemporanea a percepcao do tempo passa, necessariamente, pelos meios de comunicacao. A forma cada vez mais rapida que a informacao chega ao publico, atraves da televisao, da internet ou de outras midias, faz com que o passado, o presente e o futuro se aproximem, dando a impressao de que os fatos surgem sempre no presente imediato.

Os oficiais indios na Amazonia Pombalina: Sociedade, Hierarquia e Resistencia (1751-1798)

Rafael Ale Rocha

Defesa: 30/03/2009 -- Mestrado

Banca: Maria Regina Celestino de Almeida (orientadora), Elisa Fruhauf Garcia (UFF), Ronald Jose Raminelli (UFF)

Este trabalho analisa o processo atraves do qual os indios inseridos na sociedade colonial alcancavam postos oficiais nas camaras municipais (juizes e vereadores) e nas tropas militares do Estado do Grao-Para e Maranhao durante a segunda metade do seculo XVIII. A baliza temporal adotada, entre 1751 e 1798, compreende, respectivamente, a chegada de Francisco Xavier de Mendonca Furtado, governador e capitao-general do Estado (1751-1759), a capital Belem e a Carta Regia de 1798. Mendonca Furtado era irmao do ministro Sebastiao Jose de Carvalho e Melo (futuro Marques de Pombal) e deveria implantar uma serie de reformas na Regiao Amazonica, visando garantir a posse do territorio para a Coroa portuguesa. Para tanto tentava-se transformar os indios em vassalos portugueses e, nesse sentido, diversas medidas foram tomadas no sentido de "civiliza-los".

"Alem da Imagem": experiencias e memorias populares atraves da TV Maxambomba

Clarissa Staffa Nascimento

Defesa: 30/03/2009 -- Mestrado

Banca: Laura Antunes Maciel (orientadora), Marta Emisia Jacinto Barbosa (UFU), Adilson Vaz Cabral Filho (UFF / Comunicacao)

Esta dissertacao analisa a experiencia da TV Maxambomba, uma TV de rua desenvolvida pela ONG Cecip (Centro de Criacao de Imagem Popular), que produziu e exibiu programas em pracas e ruas da Baixada Fluminense de 1989 a 1998. A proposta deste trabalho foi compreender os diferentes significados que esta experiencia adquiriu, tanto para os realizadores envolvidos com o fazer da TV quanto para os moradores que constituiram seu publico por excelencia, de forma a reconhecer em que medida ela conseguiu interferir na historia dessas pessoas e na realidade em que se fez presente.

A ultima Inquisicao: os meios de acao e funcionamento da Inquisicao no Grao-Para pombalino (1763-1769)

Yllan de Mattos

Defesa: 01/04/2009 -- Mestrado

Banca: Ronaldo Vainfas (orientador), Anderson Jose Machado de Oliveira (UERJ), Maria Fernanda Baptista Bicalho (UFF)

Este estudo analisa a Visitacao do Santo Oficio ao Estado do Grao-Para, tomando as relacoes politico-institucionais entre a administracao colonial, a Inquisicao e o bispado com o fito de explorar o como e indagar os porques da Visita em um contexto aparentemente tao anacronico. Para tal, parte-se do pressuposto de que a inspecao do Tribunal serviu ao projeto pombalino na tarefa de conhecer as gentes e as terras do Cabo Norte. O inquisidor Giraldo Jose de Abranches permaneceu no Grao-Para confiado a responsabilidade da diocese de Belem, como vigario capitular. Portanto, se a Visitacao, por um lado, era parte indissociavel e complementar das mudancas no funcionamento da Inquisicao portuguesa, por outro esteve necessariamente circunstanciada pela politica regalista josefina e pela disposicao adicional da Coroa em fazer-se presente na regiao por intermedio de importantes transformacoes politico-administrativas.

Reestruturacao produtiva e movimento operario em Volta Redonda

Danilo Spinola Caruso

Defesa: 02/04/2009 -- Mestrado

Banca: Virginia Maria Gomes de Mattos Fontes (orientadora), Edilson Jose Graciolli (UFU), Marcelo Badaro Mattos (UFF)

Esta dissertacao analisa a reestruturacao produtiva neoliberal na Companhia Siderurgica Nacional, e as consequencias deste processo para o movimento operario da cidade de Volta Redonda. O foco principal da pesquisa sao as transformacoes nos processos de trabalho que contribuiram para a hegemonia neoliberal e o consequente enfraquecimento da atividade sindical classista. Neste sentido, este trabalho se insere na discussao sobre o capitalismo contemporaneo e a validade das categorias teoricas marxistas, a partir do esgotamento do paradigma produtivo baseado nos modelos de gestao industrial taylorista / fordista e de gestao macroeconomica keynesiana.

Cores e olhares no Brasil Oitocentista: Os tipos negros de Rugendas e Debret

Iohana Brito de Freitas

Defesa: 04/04/2009 -- Mestrado

Banca: Ronald Jose Raminelli (orientador), Maria Inez Turazzi (IPHAN), Ana Maria Mauad de Sousa Andrade Essus (UFF)

Este trabalho tem por objeto de estudo o registro de tipos negros nas Viagens Pitorescas de Jean-Baptiste Debret e de Johann Moritz Rugendas. Atraves do dialogo texto-imagem, procuro compreender a visualidade que constroem e projetam do Brasil, especialmente dos africanos e de seus descendentes, e o papel destinado a estes na marcha civilizatoria que reservam a jovem nacao. Nesta jornada, desvendam-se multiplas cores e feicoes, e uma linguagem pictorica que dialoga com a producao visual oitocentista, seja de pinturas, gravuras e ate fotografias. Assim, procuro entender os olhares destes artistas, atenta a relacao entre a construcao de diferencas e similitudes e a producao de alteridade, como mediacao entre a observacao de um universo social e a producao dos registros visuais.

A "Greve Geral" de 1903 -- o Rio de Janeiro nas decadas de 1890 a 1910

Marcela Goldmacher

Defesa: 06/04/2009 -- Doutorado

Banca: Marcelo Badaro Mattos (orientador), Alexandre Fortes (UFRRJ), Bernardo Kocher (UFF), Paulo Roberto Ribeiro Fontes (FGV), Norberto Osvaldo Ferreras (UFF)

A tese "A 'Greve Geral' de 1903 -- o Rio de Janeiro nas decadas de 1890 a 1910" se concentra na greve de trabalhadores texteis de 1903, que em seu desenvolvimento se tornou greve de diversas categorias de trabalhadores. Mas nao so essa greve sera objeto de pesquisa, como tambem o sera a conjuntura em que ela ocorreu e quais consequencias trouxe ao movimento operario e a formacao da classe operaria do Rio de Janeiro, entao Capital da Republica.

A construcao da fronteira etnica no processo de Romanizacao na Britania Romana: Os casos de resistencia das revoltas de Carataco e Boudica durante o seculo I d.C.

Bernardo Luiz Martins Milazzo

Defesa: 06/04/2009 -- Mestrado

Banca: Sonia Regina Rebel de Araujo (orientadora), Alexandre Carneiro Cerqueira Lima (UFF), Claudia Beltrao da Rosa (UNIRIO)

A presente dissertacao visa analisar as relacoes de poder existentes na Britania sob o dominio romano durante o Alto Imperio. Temos como um dos objetivos principais estudar a aplicacao do conceito de "fronteira etnica", tal como foi enunciado por Fredrik Barth ao caso da resistencia dos bretoes ao processo de romanizacao da Britania romana na segunda metade do seculo I d.C. Para tal, nos propomos a analisar e interpretar as experiencias locais da atuacao de Roma em termos sociais e politico-culturais, designadamente o processo de romanizacao da Britania, assim como os movimentos de resistencia de Carataco e Boudica, decorrentes dessa presenca.

Administracao, Justica e Poder: Os Ouvidores Gerais e suas correicoes na cidade do Rio de Janeiro (1624-1696)

Isabele de Matos Pereira de Mello

Defesa: 08/04/2009 -- Mestrado

Banca: Maria Fernanda Baptista Bicalho (orientadora), Ronald Jose Raminelli (UFF), Marcos Guimaraes Sanches (UGF)

A partir da trajetoria de Francisco da Costa Barros procuraremos pensar as relacoes, ora antagonicas, ora simbioticas, entre os ouvidores, funcionarios regios representantes do poder central, e os membros da elite local, representada pelos oficiais camaristas, buscando investigar o tipo de relacao estabelecida entre essas instancias de poder. Se num primeiro momento tratamos das relacoes entre ouvidor e Camara Municipal, na segunda metade do seculo XVII, partindo da perspectiva da Ouvidoria, nova instancia de poder comeca a participar do cerne dos conflitos, os governadores. Ao termino do seculo XVII, com a reducao gradual da autonomia municipal, nova instancia de poder entra nesse cenario, os juizes de fora, que trarao mudancas significativas na administracao da justica no novo seculo.

Para onde foi a CUT? Do classismo ao sindicalismo social-liberal (1978-2000)

Rodrigo Dias Teixeira

Defesa: 08/04/2009 -- Mestrado

Banca: Virginia Maria Gomes de Mattos Fontes (orientadora), Marcelo Badaro Mattos (UFF), Gelsom Rozentino de Almeida (UERJ)

Esta pesquisa analisa as permanencias e mudancas na trajetoria da CUT, desde o processo de sua fundacao ate o seu 7. Congresso Nacional, no ano de 2000. A Central Unica dos Trabalhadores sempre teve correntes sindicais diversas em seu interior, o que forjou disputas em torno de quais seriam os referenciais praticos e teoricos que dirigiriam sua politica. Dentre esses referenciais destacamos enquanto recorte de nossa dissertacao a relacao da CUT com o Estado, tendo em vista a sua formulacao teorica e as relacoes que a Central construiu com aquele.

Festa e conflito: D. Antonio e a questao de Nazare (1861-1878)

Patricia Carvalho Santorio Monnerat

Defesa: 14/04/2009 -- Mestrado

Banca: Guilherme Paulo Castagnoli Pereira das Neves (orientador), Gizlene Neder (UFF), Leandro Karnal (UNICAMP)

Este estudo pretende analisar a Questao de Nazare ocorrida na provincia do Para em 1877 e 1878. Mas, como um de seus objetivos e compreender este conflito local relacionado a Questao Religiosa nacional anterior, optou-se, inicialmente, por ressaltar as principais caracteristicas do Estado Imperial e da Igreja Catolica no seculo XIX; por examinar alguns aspectos da administracao diocesana de d. Antonio de Macedo Costa; e por tentar compreender o que foi essa desavenca, tambem denominada "Questao dos Bispos", ela propria. Em seguida, buscou-se demonstrar entao que, a partir da atuacao do bispo, o auge da Questao de Nazare consistiu no questionamento, por parte das irmandades, das novas orientacoes adotadas pela Igreja Catolica a partir do Concilio Vaticano I (1870), ao recusar a interferencia de eclesiasticos em suas atividades tradicionais.

Babel do novo mundo: povoamento e vida rural na regiao de matas do Rio Grande do Sul (1889-1925)

Marcio Antonio Both da Silva

Defesa: 15/04/2009 -- Doutorado

Banca: Marcia Maria Menendes Motta (orientadora), Sonia Regina de Mendonca (UFF), Paulo Afonso Zarth (UNIJUI), Giralda Seyferth (UFRJ), Moacir Gracindo Soares Palmeira (UFRJ)

A pesquisa objetiva compreender como se desenvolveram as relacoes entre grupos sociais na dinamica de ocupacao da regiao de matas -- especificamente no territorio abrangido pelos municipios de Cruz Alta, Palmeira das Missoes, Passo Fundo e Santo Angelo -- no Rio Grande do Sul, entre 1889 e 1925. O texto discute como se elaboraram algumas representacoes sobre tais grupos e o quanto elas estao relacionadas a sua atuacao no povoamento. Nestes termos, a obra revisita a regiao, enfocando-a como espaco de luta pela terra, priorizando a analise das politicas governamentais de povoamento e administracao das "terras devolutas", bem como o complexo das relacoes sociais estabelecidas entre colonos, nacionais, negros e indios.

Vozes eclipsadas, memorias silenciadas: Historia social de operarios cegos. Da euforia industrializante no Governo Kubitschek a recessao no Governo Figueiredo. Bahia, 1956-1983

Jose Jorge Andrade Damasceno

Defesa: 17/04/2009 -- Doutorado

Banca: Ismenia de Lima Martins (orientadora), Mauricio Zeni (UEPA), Suely Gomes Costa (UFF), Marileia Franco Marinho Inoue (UFRJ), Cezar Teixeira Honorato (UFF)

Esta tese pretende testar a hipotese de que a politica de insercao dos cegos e o seu posterior abandono -- que se dao no periodo 1956-1983 -- podem ser uma chave importante para a compreensao de valores e referencias da sociedade brasileira a respeito da cidadania, de seus direitos, que, ao excluir o cego da sociedade, pode estar falando muito mais de si mesma do que de um grupo portador de uma deficiencia especificada.

O Conde de Castelo Melhor: valimento e razoes de Estado no Portugal seiscentista (1640-1667)

Vinicius Orlando de Carvalho Dantas

Defesa: 24/04/2009 -- Mestrado

Banca: Rodrigo Nunes Bentes Monteiro (orientador), Ricardo de Oliveira (UFRRJ), Jacqueline Hermann (UFRJ)

Este trabalho estuda o valimento do 3. Conde de Castelo Melhor, no Portugal de Afonso VI (1662-1667), a partir da dinamica de interesses entre o rei e seu valido. A pratica do valimento no Portugal restaurado figurava como uma solucao institucional compensatoria para ambas as partes. Para o rei, o auxilio de um valido numa conjuntura de conflitos na corte e de guerra peninsular parece ter tido muitos significados: a possibilidade de atraves de seu favorito garantir seu direito ao governo, eliminando as faccoes politicas que resistiam ao seu reinado. Ja para Castelo Melhor a posicao de favorito do rei parecia ser a consolidacao de um longo percurso de mobilidade social. Como filho de Joao Rodrigues de Vasconcelos -- um dos mais destacados nobres da Restauracao -- poderia consolidar a trajetoria de mobilidade social de sua casa e o legado de seu pai.

A "Real Junta do Commercio, Agricultura, Fabricas e Navegacao deste Estado do Brazil e Seus Dominios Ultramarinos": Um Tribunal de Antigo Regime na Corte de Dom Joao (1808-1821)

Walter de Mattos Lopes

Defesa: 24/04/2009 -- Mestrado

Banca: Carlos Gabriel Guimaraes (orientador), Antonio Carlos Juca de Sampaio (UFRJ), Guilherme Paulo Castagnoli Pereira das Neves (UFF)

Criado por Alvara Regio de 23 de Agosto de 1808, o tribunal da "Real Junta do Commercio, Agricultura, Fabricas e Navegacao deste Estado do Brazil e Seus Dominios Ultramarinos" manifestou importancia singular na resolucao de conflitos jurisdicionais no interior no "sistema luso-brasileiro". Assentando nas cadeiras de deputados magistrados de carreira e poderosos homens de negocios, que encontravam no tribunal um importante espaco para a defesa de seus interesses, o estudo da referida instituicao ilumina a compreensao das continuidades institucionais durante a transicao do Brasil colonial para o Imperio e lanca luz sobre o processo de construcao do Estado portugues no Rio de Janeiro e formacao de uma "unidade nacional" luso-brasileira ao longo da administracao joanina.

Poder e comercio: a Associacao Comercial e Industrial de Guarapuava (1955-1970)

Marcos Aurelio Machado Fernandes

Defesa: 08/05/2009 -- Doutorado

Banca: Theo Lobarinhas Pineiro (orientador), Monica de Souza Nunes Martins (UFRRJ), Helvio Alexandre Mariano (UNESP), Alberto Di Sab bato (UFF), Cezar Teixeira Honorato (UFF)

A pretensao do trabalho de tese consiste na elaboracao de um dialogo acerca do poder local, analisando a acao politica do empresariado organizado a partir de sua entidade de classe. Como epicentro da pesquisa, foram consideradas as relacoes entre a diretoria da Associacao Comercial e Industrial de Guarapuava (ACIG) e a da Camara Municipal, no periodo de 1955 a 1970. A pesquisa submeteu registros de atas a um elenco de categorias de analise conceitual, identificando os elementos que se tornaram estaveis e permanentes pelas repercussoes que essas relacoes trouxeram a cidade, levando em consideracao que toda escolha e arbitraria diante da infinitude do real.

Historia, Memoria e Deserto: Os soldados Brasileiros no Batalhao de Suez (1957-1967)

Manoel Ricardo Arraes Filho

Defesa: 11/05/2009 -- Doutorado

Banca: Denise Rollemberg Cruz (orientadora), Francisco Carlos Palomanes Martinho (UERJ), Maria Paula Nascimento Araujo (UFRJ), Samantha Viz Quadrat (UFF), Ana Maria Mauad de Sousa Andrade Es sus (UFF)

Este trabalho faz uma analise sobre a primeira Forca de Paz da ONU, enviada para a regiao do Oriente Medio, compondo a UNEF (United Nations Emergency Force). Deste modo, o Exercito brasileiro enviou ao Egito um Batalhao de Infantaria com efetivo acumulado de aproximadamente 6.300 homens (de janeiro de 1957 a julho de 1967), denominado de "Batalhao de Suez", integrando a Forca de Emergencia das Nacoes Unidas I (FENU I), organizada com a finalidade de separar forcas egipcias e israelenses. Neste estudo, o interesse consiste em reconhecer as impressoes daqueles "homens de paz", em um mundo de odio secular e de identidades extremamente diferentes; e descobrir suas visoes acerca do conflito, sobre a vida cotidiana do povo e da cultura de egipcios, palestinos e israelenses; enfim, resgatar a memoria e a historia da participacao dos militares brasileiros.

Cabo das tormentas e vagas da modernidade: uma historia da Companhia Nacional de Alcalis e de seus trabalhadores em Cabo Frio e Arraial do Cabo (1943-1964)

Walter Luiz Carneiro de Mattos Pereira

Defesa: 14/05/2009 -- Doutorado

Banca: Marcelo Badaro Mattos (orientador), Renato Luis do Couto Neto e Lemos (UFRJ), Paulo Roberto Ribeiro Fontes (FGV), Geraldo de Beauclair Mendes de Oliveira (UFF), Sonia Regina de Mendonca (UFF) A Companhia Nacional de Alcalis, em Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, foi uma empresa estatal fundada por Getulio Vargas, em 1943, que, no entanto, comecaria a produzir somente em 1960, depois de inaugurada, sua primeira fase, por Juscelino Kubitschek. Contudo, sofrendo as consequencias da forte concorrencia do produto importado, controlado por trustes e carteis, principalmente aqueles associados a industria vidreira nacional, a Alcalis passaria por inumeros percalcos que quase a levaram a insolvencia. Durante quatro anos, de 1960 a 1964, foram os trabalhadores associados aos setores nacionalistas da sociedade civil, como partidos, sindicatos e entidades estudantis, que garantiriam a sobrevivencia da CNA, em lutas nao somente de carater trabalhista, mas tambem por lutas politicas incessantes. Este trabalho busca compreender a trajetoria dessa empresa, sem desconsiderar, entretanto, sua situacao na atual conjuntura.

Cada qual no seu lugar: A constituicao do espaco rural na cidade do Rio de Janeiro, 1890 -1940

Leonardo Soares dos Santos

Defesa: 20/05/2009 -- Doutorado

Banca: Mario Grynszpan (orientador), John Cunha Comerford (UFRRJ), Norberto Osvaldo Ferreras (UFF), Fania Fridman (UFRJ), Ilmar Rohloff de Mattos (PUC/RJ)

Este trabalho trata sobre a formacao da zona rural da cidade do Rio de Janeiro, durante os anos de 1890 e 1940. No primeiro momento eu analiso a situacao da evolucao urbana no Rio nos ultimos anos do seculo XIX. Depois, a atencao se fixa sobre o processo historico de divisao administrativa de todo o espaco da cidade, observando a relacao entre os usos urbano e rural. No terceiro capitulo, eu estudo a formacao da zona suburbana e as consequencias em relacao a diferenciacao entre suburbio e zona rural. Ao fim, eu reconstruo o percurso da concepcao e efetivacao do projeto de "Cinturao Agricola", que teria o objetivo de fornecer os produtos agricolas para a populacao carioca.

Terremoto em Lisboa, Tremor na Bahia: Um protesto contra o donativo para a Reconstrucao de Lisboa (1755-1757)

Carolina Chaves Ferro

Defesa: 22/05/2009 -- Mestrado

Banca: Luciano Raposo de Almeida Figueiredo (orientador), Francisco Jose Calazans Falcon (UNIVERSO), Carlos Gabriel Guimaraes (UFF) Grande parte da historiografia sobre Portugal e seus dominios ultramarinos na epoca Moderna entende que o Terremoto de Lisboa fora um importante marco para que o Secretario de Governo do Rei D. Jose I na epoca, Sebastiao Jose de Carvalho e Melo, depois Conde de Oeiras e mais tardiamente Marques de Pombal, aplicasse as praticas governativas consideradas necessarias para a modernizacao da Coroa Portuguesa. Enquanto as preocupacoes se voltavam para as questoes da administracao e das financas de Portugal, as implicacoes imediatas do Terremoto na sociedade da America ficaram a margem na historiografia. Este trabalho pretende preencher algumas questoes que demonstram a lealdade dos colonos ao Rei, mas ao mesmo tempo sua preocupacao em enriquecer e tirar o maximo proveito economico desse territorio. Sendo assim, o estudo se concentra na analise de um abaixo-assinado, organizado pelos Homens de Negocio da Bahia da segunda metade do seculo XVIII, contra o Donativo para a Reconstrucao de Lisboa, um novo tributo criado a pedido do Rei, mas que tem carater obrigatorio naquela sociedade.

"Bardos da Canalha, Quaresma de Desalentos". Producao Literaria de Trabalhadores em Fortaleza na Primeira Republica

Gleudson Passos Cardoso

Defesa: 22/05/2009 -- Doutorado

Banca: Fernando Antonio Faria (orientador), Maria Emilia da Costa Prado (UERJ), Lucia Maria Bastos Pereira das Neves (UERJ), Laura Antunes Maciel (UFF), Andre Luiz Vieira de Campos (UERJ/UFF)

Como ocorreu em outras capitais brasileiras, a implantacao da Republica fez surgir diferentes posturas no circuito letrado da cidade de Fortaleza. Tendo em vista o jogo politico que restabeleceu a velha estrutura de poder em favor das oligarquias locais, contrapondo-se a boa parte dos intelectuais que foram absorvidos pela imprensa facciosa, burocracia ou pelos partidos politicos emergentes naquele momento, outros agentes letrados perceberam diferentemente aquela situacao e denunciaram essa trama atraves dos seus textos literarios. Em jornais operarios, brochuras, livros, panfletos e outras fontes historicas foram testemunhadas as experiencias em comum dos seus autores. A partir da analise destes documentos historicos, a problematica de estudo se preocupou em entender as leituras sociais e percepcoes diferenciadas daquele olhar arrivista em torno do novo regime, a eleger o campo literario como espaco possivel de debate, uma vez que, naquela ocasiao, foram comprometidos os canais de discussao nos pleitos eleitorais, esfera partidaria e o exercicio dos direitos politicos, civis e sociais.

Anarquismo, Sindicatos e Revolucao no Brasil (1906-1936)

Tiago Bernardon de Oliveira

Defesa: 25/05/2009 -- Doutorado

Banca: Marcelo Badaro Mattos (orientador), Silvia Regina Ferraz Petersen (UFRGS), Claudio Henrique de Moraes Batalha (UNICAMP), Alexandre Fortes (UFRRJ), Norberto Osvaldo Ferreras (UFF)

Entre os anos de 1906 e 1936, particularmente, o movimento e as ideias anarquistas contribuiram para o desenvolvimento da identidade e consciencia da classe trabalhadora no Brasil. Assim, a presente tese versa sobre a trajetoria do movimento anarquista em sua relacao com o movimento operario brasileiro, sobretudo nos estados de Sao Paulo, Rio Grande do Sul e do antigo Distrito Federal. Procura-se apresentar as estrategias, concepcoes e avaliacoes desenvolvidas pelos militantes libertarios quanto as possibilidades de se fazer eclodir no Brasil um processo revolucionario que permitisse a concretizacao de seu ideal.

Da Guanabara ao Sena: relatos e cartas sobre a Franca Antartica nas guerras de religiao

Luiz Fabiano de Freitas Tavares

Defesa: 25/05/2009 -- Mestrado

Banca: Rodrigo Nunes Bentes Monteiro (orientador), Catarina Costa d'Amaral (PUC/RJ), Paulo Knauss de Mendonca (UFF)

O objetivo do presente trabalho e analisar o enraizamento da controversia sobre a Franca Antartica no contexto politico frances contemporaneo, buscando compreender suas relacoes com as diversas redes de alianca, bem como com as diferentes concepcoes politicas coevas. Assim sendo, serao examinados sob essa perspectiva os discursos articulados no quadro dessa disputa, com especial atencao para as modalidades de emprego da retorica. A pesquisa tambem se dedicara a estudar os discursos articulados pela documentacao epistolar sobre o tema, analisando a insercao das questoes politicas no universo das relacoes particulares, em oposicao as relacoes publicas estabelecidas pela dinamica da documentacao impressa.

O Dito e o Feito. Herois exemplares nos relatos de guerra na Restauracao pernambucana (1630-1654)

Jorge Luiz de Miranda Leite

Defesa: 25/05/2009 -- Mestrado

Banca: Rodrigo Nunes B entes Monteiro (orientador), Carlos Ziller Camenietzki (UFRJ), Ronald Jose Raminelli (UFF)

Nos relatos de batalhas presentes nos folhetos, produzidos no periodo da ocupacao neerlandesa no nordeste da America lusitana (1630-1654), era recorrente o destaque de algumas virtudes basilares daquele tempo. Neles abstrai-se um estigma de divulgacao, propaganda pessoal e/ou institucional, alem de modelos exemplares de conduta que, muitas vezes, pareciam propor um ideal de comportamento resolutamente heroico. Por outro lado, o protagonizo em uma dessas publicacoes sobre feitos militares, ou mesmo a descricao de grandes realizacoes como coadjuvante, podia elevar individuos a um patamar especial. O heroismo e as virtudes destacadas em situacoes limites, divulgadas com alguma abrangencia, poderiam produzir um reconhecimento de relevante significado naquela sociedade da Epoca Moderna. O foco deste trabalho e perceber como tal imagem veiculada seria importante para assessorar o alcance de uma distincao social naquele tempo por meio das merces regias.

O verdadeiro Mandrake: Rubem Fonseca e sua onipresenca invisivel (1962-1989)

Aline Andrade Pereira

Defesa: 28/05/2009 -- Doutorado

Banca: Daniel Aarao Reis Filho (orientador), Denise Rollemberg Cruz (UFF), Luis Alberto Nogueira Alves (UFRJ), Vera Lucia Follain de Figueiredo (PUC/RJ), Margarida de Souza Neves (PUC/RJ)

A pesquisa tem por objetivo investigar a atuacao politica do escritor Rubem Fonseca em paralelo a sua trajetoria literaria. Pretendemos estabelecer de que forma podemos ver na literatura de Fonseca tracos de suas relacoes politicas. O periodo analisado estende-se de 1963 a 1989. Nossa hipotese e a de que o escritor se insere no campo literario a partir de estrategias de legitimacao oriundas de sua atuacao no campo politico. Como um "intelectual organico" ira reafirmar projetos ideologicos de sua classe e contradizer outros.

Leitura, encantamento e rebeliao. O Isla Negro do Brasil do Seculo XIX

Priscilla Leal Mello

Defesa: 29/05/2009 -- Doutorado

Banca: Mariza de Carvalho Soares (orientadora), Hebe Maria da Costa Mattos Gomes de Castro (UFF), Martha Campos Abreu (UFF), Kei la Grinberg (UNIRIO), Marina de Mello e Souza (USP)

A proposta deste trabalho e refletir sobre a Rebeliao Male de 1835 a partir das redes de escrita e leitura em ambiente muculmano no Imperio do Brasil. Percorremos, para tanto, a antessala do levante, procurando nas madrassas improvisadas localizadas nos arredores de Salvador e do Reconcavo o que chamamos de inteligencia rebelde. Seguindo os indicios deixados pelas autoridades, bem como analisando os escritos arabes encontrados com os rebelados, identificamos a importancia da participacao haussa na rebeliao, propondo a tese de que a inteligencia do levante tambem foi haussa. Ao mesmo tempo, percorremos os cotidianos males em outras provincias, como Alagoas e Rio de Janeiro.

As milicias d'El Rey: Tropas militares e poder no Ceara Setecentista

Jose Eudes Arrais Barroso Gomes

Defesa: 29/05/2009 -- Mestrado

Banca: Maria Fernanda Baptista Bicalho (orientadora), Pedro Luis Puntoni (USP), Ronald Jose Raminelli (UFF)

Este estudo procura discutir a estreita relacao entre o "servico das armas" e a manutencao de poderes locais no imperio ultramarino portugues na modernidade. Inicialmente, busca tracar um panorama geral das forcas belicas no reino de Portugal e em seu imperio ultramarino, apontando para a sua grande heterogeneidade organizacional e social. Em seguida, analisa mais especificamente o papel das armas na conquista e colonizacao da capitania do Ceara ao longo do seculo XVIII, apontando a grande importancia do "servico das armas" na formacao e manutencao de elites locais.

Os Oito Batutas: Uma orquestra melhor que a encomenda. Historia e Musica Brasileira nos anos 1920

Luiza Mara Braga Martins

Defesa: 05/06/2009 -- Doutorado

Banca: Martha Campos Abreu (orientadora), Maria Clementina Pereira Cunha (UNICAMP), Orlando de Barros (UERJ), Rachel Soihet (UFF), Hebe Maria da Costa Mattos Gomes de Castro (UFF)

Esta tese visa estudar um conjunto musical carioca, os Oito Batutas, que, liderados por Pixinguinha e Donga, obtiveram grande sucesso entre 1919 e 1923, como um conjunto de choro. A partir dai, e ate 1931, apresentaram-se como Jazzband Os Batutas, acrescentando o jazz a suas apresentacoes. Levaram a musica popular que se fazia no Brasil de entao, como samba, choro, nordestinos, maxixes, polcas e tangos, a varios estados brasileiros, a Franca e a Argentina. Sofreram ataques racistas de alas da imprensa, pois alguns integrantes eram afro-brasileiros. Apareceram como simbolos da musica popular que se fazia entao no Brasil, num momento marcado por discussoes em torno da questao nacional.

Cidade 'vermelha' do aco: Greves, controle operario epoder popular em Volta Redonda (1988-1989)

Marcos Aurelio Ramalho Gandra

Defesa: 09/06/2009 -- Mestrado

Banca: Marcelo Badaro Mattos (orientador), Edson Teixeira da Silva Junior (UNIFOA), Virginia Maria Gomes de Mattos Fontes (UFF)

A Companhia Siderurgica Nacional foi fruto de um grande empreendimento estatal brasileiro, cujo financiamento (estadunidense) se deu no contexto da II Guerra Mundial. O gigantismo da unidade industrial implantada e a necessidade de fixacao de mao-de-obra para a construcao e operacao da Usina Presidente Vargas exigiram a construcao de uma cidade, Volta Redonda. A mao-de-obra de primeira geracao e origem rural era gerida de forma militarizada e militarizante, ficando exposta a ideologia do populismo getulista do "Estado pai dos pobres" atraves da "CSN-mae", o que ocultava o carater de classe da exploracao sofrida. Apesar do controle da empresa, o sindicalismo que se desenvolveu no pre-64, apesar dos vinculos com o populismo, ancorava-se na luta pela implantacao dos direitos conquistados na CLT e teve dramatica passagem quando da implantacao da ditadura civil-militar em 1964. O modelo de sindicato da ditadura fragilizou o movimento sindical da cidade, mas, acompanhando o processo de crise do regime ditatorial e de abertura politica, organizou-se tambem em Volta Redonda a Oposicao Sindical Metalurgica, que guarda semelhanca com o processo conhecido como "Novo Sindicalismo".

Negocios de mineiros e cariocas: familia, estrategias e redes mercantis no caso Gervasio Pereira Alvim (1850-1880)

Paula Chaves Teixeira

Defesa: 09/06/2009 -- Mestrado

Banca: Sheila Siqueira de Castro Faria (orientadora), Carlos Gabriel Guimaraes (UFF), Joao Luis Ribeiro Fragoso (UFRJ)

Esta investigacao procurou estudar as relacoes mercantis entre a provincia de Minas Gerais e o Rio de Janeiro, dando enfase para o processo de formacao de uma rede de negocios que ligou a comarca do Rio das Mortes a capital do Imperio. Para tanto, recorremos ao caso do fazendeiro mineiro Gervasio Pereira Alvim e seus contatos firmados na praca carioca e em outras pracas da provincia de Minas Gerais, na segunda metade do seculo XIX. A partir da documentacao privada do fazendeiro, composta, em sua maioria, por correspondencia, foi possivel analisar o universo de praticas sociais que interferiam na dinamica da atividade comercial, bem como o papel da familia como principal instrumento de insercao de sujeitos nas redes de negocios entre pracas distantes.

CIVILIZACAO BRASILEIRA E BRASILIENSE: trajetorias editoriais, empresarios e militancia politica

Andrea Lemos Xavier Galucio

Defesa: 29/06/2009 -- Doutorado

Banca: Virginia Maria Gomes de Mattos Fontes (orientadora), Lia Calabre de Azevedo (FCRB), Sandra Lucia Amaral de Assis Reimao (UMESP), Marcelo Badaro Mattos (UFF), Sonia Regina de Mendonca (UFF)

Este trabalho analisa o papel das editoras Civilizacao Brasileira e Brasiliense ao longo de suas trajetorias, destacando o compromisso politico de suas publicacoes, assim como o desempenho empresarial de seus editores e suas acoes politicas. Para tanto, analisa a consolidacao do campo editorial brasileiro, enfatizando a atuacao empresarial e a militancia politica dos editores.
COPYRIGHT 2010 Universidade Federal Fluminense / Departamento de Historia
No portion of this article can be reproduced without the express written permission from the copyright holder.
Copyright 2010 Gale, Cengage Learning. All rights reserved.

Article Details
Printer friendly Cite/link Email Feedback
Title Annotation:Texto en Portuguese
Publication:Tempo - Revista do Departamento de Historia da UFF
Date:Jan 1, 2010
Words:8232
Previous Article:O Imperio de Hitler. A "Nova ordem" nazista na Europa, 1939-1945.
Next Article:Quando o eleitor faz a propaganda politica: o engajamento popular na campanha eleitoral de Janio Quadros (1959-1960).
Topics:

Terms of use | Privacy policy | Copyright © 2019 Farlex, Inc. | Feedback | For webmasters