Printer Friendly

MOLAR DECIDUO INFRAOCLUIDO: RELATO DE UM CASO RESTAURADO COM CIMENTO IONOMERO DE VIDRO ENCAPSULADO, UM ANO DE ACOMPANHAMENTO.

1 Introducao

A anquilose dentaria resulta da fusao entre cemento e o osso alveolar (PONDURI, BIRNIE & SANDRY, 2014). Mais prevalente em molares deciduos, ela pode resultar em ma oclusao e ate mesmo na retencao prolongada do dente deciduo e, por conta disso, impactar de maneira negativa a qualidade de vida do paciente (MISHRA et al 2010). Quando identificado precocemente, o cirurgiao-dentista tem a oportunidade de minimizar a extensao dos problemas bucais futuros derivados de molares deciduos em infraoclusao (ALVES et al, 2011).

Disturbios oclusais causados por infraoclusao podem ser prevenidos por meio de aumento de coroa e contatos interproximais com materiais adesivos (ARHAKIS & BOUTIOU, 2016). Diversos estudos ressaltam a importancia do restabelecimento oclusal nos casos de anquilose leve com tecnicas restauradoras indiretas (CAVANAUGH, 1994 e SABATINI 2010) e/ou restauracoes com resina composta (MOURA et al 2015).

Para o melhor de nosso conhecimento, nao ha estudos que tenham relatado a reabilitacao de dentes anquilosados com uso de cimento de ionomero de vidro, mesmo sendo considerado o material de escolha para uma variedade de procedimentos clinicos. O cimento de ionomero de vidro modificado por resina, em especial, tem se destacado por apresentar adesao aos tecidos mineralizados, biocompatibilidade, possuir coeficiente de expansao termica semelhante ao dente, liberacao de fluor e maior resistencia frente aos esforcos mastigatorios (SILVA et al, 2011; BERG, 2002).

Diante disso, o objetivo desse estudo e descrever o tratamento adotado para um primeiro molar deciduo infraocluido com restauracao de cimento de ionomero de vidro fotopolimerizavel encapsulado. Alem disso, o relato demonstra a utilizacao de uma tecnica alternativa com a utilizacao de uma banda ortodontica no intuito de facilitar os procedimentos de restauracao direta e minimizar os procedimentos de acabamento envolvidos na colocacao de grandes restauracoes.

2 Relato de caso

Para esse relato de caso, seguiremos as diretrizes CARE (2013) de verificacao de informacoes a serem consideradas durante a redacao de um relato de caso.

2.1 Informacoes do paciente

Uma crianca de nove anos de idade, sexo feminino, caucasiana, compareceu ao consultorio odontopediatrico acompanhada de sua mae. Queixou-se do "buraco" presente entre os dentes de baixo, que aparecia ao sorrir. Sua historia medica nao apresentou nenhum tipo de alteracao sistemica que tenha relevancia para esse relato.

2.2 Achados clinicos e radiograficos

Ao exame clinico, a paciente apresentou denticao mista, ausencia de lesoes de carie, molares permanentes em relacao de classe l de Angle, mordida cruzada unilateral direita entre canino deciduo superior direito (53) e canino deciduo inferior direito (83) e primeiro molar deciduo direito (84) em infraoclusao e sem mobilidade (Figura 1A)

O exame radiografico periapical apontou ausencia do ligamento periodontal e fusao entre o cemento e osso alveolar no elemento 84, alem de posicao da superficie oclusal proxima ao ponto de contato com os dentes adjacentes (Figura 1B).

Considerando os aspectos clinicos e radiograficos chegou-se ao diagnostico de anquilose dentaria grau moderado, de acordo com o indice de anquilose de Brearley & McKibben (1973).

2.3 Intervencao terapeutica

Apos profilaxia dentaria profissional, selecionou-se e cimentou-se banda ortodontica no dente 84 com cimento de ionomero de vidro encapsulado fotopolimerizavel (Riva Ligh Cure, SDI, Brasil) (Figura 2A). Em seguida, removeu-se a banda e procedeu-se ao acabamento e polimento da restauracao (figura 2B).

2.4 Seguimento clinico e resultados

Seis meses depois foi realizado novo exame clinico e radiografico. Clinicamente, a restauracao nao apresentou falhas ou desgastes. Radiograficamente, observou-se o dente 84 em processo de rizolise (Figura 3A). Com um ano do procedimento, o dente 84 demonstrou restauracao em bom estado e mobilidade dentaria (Figura 3B).

O exame radiografico periapical mostrou reabsorcao das raizes e a radiografia panoramica apontou o primeiro pre-molar inferior direito (44) em estagio 8 de Nolla (Figura 4). A exodontia do elemento 84 foi realizada.

3 Discussao

Baseados em estudo de Lavanaugh e Croll (1994) nos propomos a investigar se seria possivel a reabilitacao em uma unica sessao de um dente deciduo anquilosado, utilizando cimento de ionomero de vidro modificado por resina encapsulado e uma banda ortodontica. O principal achado apos doze meses de acompanhamento foi a boa adesao e resistencia do material frente aos esforcos mastigatorios e consequentemente a rizolise do dente deciduo, proporcionando a erupcao do elemento dentario permanente sem necessidade de remocao cirurgica do elemento deciduo.

No caso clinico apresentado, a paciente tinha 9 anos de idade e queixava-se de um "buraco" entre os dentes que aparecia ao sorrir. A conduta clinica foi realizada levando em consideracao a severidade da infraoclusao, idade da crianca e a distancia entre o municipio da familia ao consultorio odontologico. Lourenco Neto et al. (2011), relataram bons resultados para a reabilitacao de molares deciduos infraocluidos com restauracao indireta com resina composta como melhor adaptacao marginal frente as restauracoes diretas e menor chance de infiltracoes. Entretanto, para a realizacao desta tecnica a peca foi confeccionada a partir do modelo de gesso do paciente, o que demandaria mais sessoes e deslocamentos para a mae e a paciente do caso clinico descrito.

Encontramos na literatura outros tipos de tratamentos, desde os mais conservadores, como o acompanhamento clinico e radiografico sem intervencao ate a exodontia do elemento dentario e o uso de mantenedores de espaco (Pitoni et al., 2006). A tecnica aqui descrita mostrou-se eficaz e e de facil realizacao pelo cirurgiao-dentista, dispensando materiais complexos. Com isso, preservamos os espacos do arco dentario e a oclusao normal do paciente ate o dente sucessor permanente irromper. No entanto, nao se sabe se isto teria acontecido caso o tratamento de restabelecimento oclusal nao houvesse sido realizado.

Especulamos que a utilizacao do cimento ionomeros de vidro modificado por resina encapsulado tenha sido uma alternativa eficaz para a restauracao do dente deciduo anquilosado. Estudo clinico randomizado de boca dividida realizado por Freitas et al. (2018) comparou ionomeros encapsulados e ionomeros manipulados manualmente e os cimentos encapsulados apresentaram uma taxa de falha de 24% comparado ao manipulado de 42%. O estudo de Molina et al. (2013), corrobora com esse resultado e indica que o ionomero de vidro encapsulado tambem pode contribuir para um aumento nas taxas de sobrevida das restauracoes de ionomero de vidro para Tratamento Restaurador Atraumatico em dentes deciduos e permanentes.

Acreditamos, portanto, que apesar do aumento da aplicabilidade clinica e melhora das propriedades dos cimentos de ionomero de vidro (Silva et al 2011), neste estudo atingimos um resultado satisfatorio utilizando esse material devido a presenca do sucessor permanente, ou seja, a permanencia do material seria por um periodo de tempo curto. Devido a essa caracteristica, sugerimos novos estudos com tempo de acompanhamento maior em dentes anquilosados deciduos restaurados com cimento de ionomero de vidro modificado por resina.

4 Conclusao

Concluimos que a utilizacao de banda ortodontica e cimento de ionomero de vidro fotopolimerizavel encapsulado foi uma boa opcao para a reabilitacao de dentes deciduos com anquilose. Alem disso, permitiu a rizolise do dente deciduo e posterior extracao.

5 Referencias

ALVES M.S.C., LEITE T.H.M., VIEIRA D.R.P., CRUZ M.C.F.N., ALVES C.M.C. Diagnosis and treatment of severe dentoalveolar ankylosis in primary molars: case report. Rev Odontol UNESP. Vol .40(3), p. 154-159, 2011.

ARHAKIS A. & BOUTIOU E. Etiology, Diagnosis, Consequences and Treatment of Infraoccluded Primary Molars. Open Dent J. Vol. 10, p. 714-719, 2016.

BERG JH. Glass ionomer cements. Pediatr Dent Vol. 24, p. 430-438, 2002.

BREARLEY LJ, MCKIBBEN DH JR. Ankylosis of primary molar teeth. I. Prevalence and characteristics. ASDC J Dent Child. Vol. 40, p. 54-63, 1973.

CAVANAUGH, RR.; CROLL, TP. Resin-bonded ceramic onlays for retained primary molars with infraocclusion. Quintessence International. Vol. 25(7), p. 459-463, 1994.

FREITAS MCCA, FAGUNDES TC, MODENA KCS, CARDIA GS, NAVARRO MFL.Randomized clinical trial of encapsulated and hand-mixed glass-ionomer ART restorations: one-year follow-up. J Appl Oral Sci. Vol. 26, 2018.

LOURENCO NETO N, GURGEL CV, KOBAYASHI TY, BIJELLA MFB, OLIVEIRA TM, MACHADO MAAM, RIOS D. Uso de Restauracoes Indiretas na Correcao da Infra-Oclusao: Relato de Caso. Rev Odontol Bras Central. Vol. 20, 2011.

MISHRA SK, JINDAL MK, SINGH RP, STARK TR, HASHMI GS. Submerged and Impacted Primary Molars. International Journal of Clinical Pediatric Dentistry. Vol. 3, p. 211-213, 2010.

MOLINA GF, CABRAL RJ, MAZZOLA I, BRAIN LASCANO L, FRENCKEN JE. Mechanical performance of encapsulated restorative glass-ionomer cements for use with Atraumatic Restorative Treatment (ART). J Appl Oral Sci. Vol. 21(3), p. 243-9, 2013.

MOURA MS, PONTES AS, BRITO MHSF, MOURA LD, LIMA MDM, SIMPLICIO AHM. Restorative Management of Severely Ankylosed Primary Molars. Journal of Dentistry for Children. Vol. 82 (1), 2015.

PITONI CM, CALDO-TEIXEIRA AS, ALMEIDA ICS, VIEIRA RS. Restauracoes Adesivas Indiretas Opcao Clinica para Molares Deciduos em Infra-Oclusao. R. Fac. Odontol. Porto Alegre, Porto Alegre, v. 47, p. 39-42, 2006.

PONDURI S, BIRNIE DJ, SANDY JR. Infraocclusion of secondary deciduous molars--an unusual outcome. J Orthod. Vol. 36(3), p. 186-9, 2009.

RILEY ET AL. Care guidelines for cases report: explanation and elaboration document. Journal of Clinical Epidemiology, 2017.

SABATINI C.; An Alternative Approach to the Transitional Rehabilitation of Infra-Occluded Primary Second Molars. journal compilation. Vol. 22(6), 2010.

SILVA FWGP.; Queiroz AM.; Freitas AC, Assed S. Utilizacao do ionomero de vidro em odontopediatria. Odontol. Clin.-Cient., Recife, Vol. 10(1), p.13-17, 2011.

Ana Paula DORNELLAS (1) *, Karla Dayanna Tavares CAVALCANTE (1), Tamara Kerber TEDESCO (1,2), Isabela FLORIANO (1,3) & Jose Carlos IMPARATO (1,4)

(1) Faculdade Sao Leopoldo Mandic. Campinas, Sao Paulo, Brasil.

(2) Universidade Ibirapuera. Sao Paulo, Brasil.

(3) Centro Universitario UNINOVAFAPI. Teresina, Piaui, Brasil.

(4) Universidade de Sao Paulo. Sao Paulo, Brasil.

* Autor para correspondencia: anapauladornellas@hotmail.com

DOI: http://dx.doi.org/10.18571/acbm.179

Caption: Figura 1: (A) Fotografia inicial, mostrando o elemento 84 em infraoclusao e caninos com mordida cruzada. (B) Radiografia periapical inicial, com o dente 84 apresentando ausencia de ligamento periodontal, fusao entre o cemento e osso alveolar e posicao da superficie oclusal proxima ao ponto de contato com os dentes adjacentes.

Caption: Figura 2: (A) Banda ortodontica posicionada no dente anquilosado. (B) Aspecto final apos a remocao da banda.

Caption: Figura 3: Aspecto clinico da restauracao (A) apos 06 meses, (B) apos 12 meses. Observa-se restauracao integra.

Caption: Figura 4: (A) Radiografia periapical, demonstra a reabsorcao das raizes do elemento 84 (B) Radiografia panoramica, observa-se o elemento 44 em estagio 8 de Nolla.
COPYRIGHT 2018 Universidade Federal Fluminense
No portion of this article can be reproduced without the express written permission from the copyright holder.
Copyright 2018 Gale, Cengage Learning. All rights reserved.

Article Details
Printer friendly Cite/link Email Feedback
Author:Dornellas, Ana Paula; Cavalcante, Karla Dayanna Tavares; Tedesco, Tamara Kerber; Floriano, Isabela;
Publication:Acta Biomedica Brasiliensia
Date:Aug 1, 2018
Words:1698
Previous Article:ATIVIDADE ANTIBACTERIANA DO OLEO ESSENCIAL EXTRAIDO DA CASCA DA LARANJA PERA FRENTE AS BACTERIAS DA FAMILIA ENTEROBACTEREACEA.
Next Article:DIAGNOSTICO DE CARCINOMA MAMARIO EM CAO MACHO: RELATO DE CASO.
Topics:

Terms of use | Privacy policy | Copyright © 2020 Farlex, Inc. | Feedback | For webmasters