Printer Friendly

Fluoride concentration in the adjacent vegetation next to fertilizer industries of Cubatao, Sao Paulo State, Brazil/Concentracao de fluoreto na vegetacao proxima do polo de fertilizantes de Cubatao, Sao Paulo, Brasil.

Introducao

Fluoreto e um poluente ambiental industrial (1) e entre as fontes poluidoras estao as industrias de aluminio, ceramicas, vidros, aco, acido fosforico e tijolos, com destaque para a de fertilizantes (2). Esta poluicao pode atingir diretamente nao so os trabalhadores destas industrias (3), como pode se propagar a distancia, provocando desequilibrio no ecossistema (4).

O municipio de Cubatao (SP) possui um grande numero de industrias de fertilizantes e o impacto da poluicao por fluoreto na vegetacao da Serra do Mar tem sido relatado desde 1994 (5). As plantas podem ser usadas para o biomonitoramento da qualidade do ar (2) e, atraves das folhas, e possivel medir o acumulo e a concentracao do fluoreto no tecido foliar. Assim, em folhas de Terminalia cattappa, popularmente conhecida como chapeu do sol, localizadas proximas as fabricas de fertilizantes de Cubatao, foi encontrada em 1996 uma alta concentracao de fluoreto (6).

Deste modo, o objetivo desta comunicacao e divulgar dados comparativos de 1996 e 2006 da variacao da concentracao de fluoreto nas folhas de arvores do municipio de Cubatao, como biomarcador de mudanca da qualidade do ar.

Materiais e metodos Amostragem

Folhas de arvores da especie arborea Terminalia cattappa, nome popular chapeu do sol, localizadas ao redor de oito fabricas de fertilizantes de Cubatao (SP) e em quatro locais da zona urbana fora do complexo industrial deste municipio, foram colhidas dos mesmos lugares nos anos de 1996 e 2006. As folhas foram colhidas no segundo semestre de cada ano, em dias sem chuva e no periodo matutino. Foram coletadas tres folhas do galho mais baixo, aproximadamente 1,70 m, na terceira ramificacao, sendo uma folha nem muito nova (verde e pequena) e nem muito velha (seca e queimada), e foram colocadas em sacos de papel. Os sacos foram codificados, sendo o estudo cego com relacao a analise laboratorial.

Extracao e determinacao do fluoreto

As folhas foram picotadas, desidratadas a 90[degrees]C por vinte horas, moidas e duplicatas de 5 a 15 mg ([+ or -] 0,01 mg), foram pesadas em tubos de ensaio plasticos. Um mililitro de agua destilada e deionizada foi adicionada aos tubos e apos trinta minutos sob agitacao a 37[degrees]C, o extrato foi tamponado com 1,0 mL de TISAB II [tampao acetato 1 M pH 5,0, contendo NaCl 1 M, e CDTA (acido 1,2 ciclohexanodiaminotetracetico a 0,4%)]. O fluoreto extraido foi determinado com eletrodo especifico Orion 96-09 e analisador de ions Orion EA-940, previamente calibrados com padroes de ion fluor de 0,05 a 20 [micro]g F/mL. A variabilidade media entre as duplicatas foi menor que 9%. A metodologia de extracao quanto a secagem, peso de amostra e temperatura de extracao foi previamente padronizada.

Analise estatistica

Os dados foram analisados estatisticamente utilizando o software Bioestat (7) a 5% de significancia e a diferenca de concentracao entre os anos de 1996 e 2006 para cada regiao foi estimada pelo teste t pareado.

Resultados

A Figura 1 mostra os resultados das medias e desvios padroes das concentracoes de fluoreto encontradas em 1996 e 2006 nas duas regioes do municipio de Cubatao. A concentracao na vegetacao ao redor de oito industrias de fertilizantes variou de 33,8 a 363,9 e 65,3 a 470,4 [micro]g F/g e na zona urbana fora do complexo industrial (n = 4) variou de 10,8 a 33,2 e 16,0 a 30,4 [micro]g F/g em 1996 e 2006, respectivamente. A diferenca de media entre os anos de avaliacao para cada regiao nao foi estatisticamente significativa (p > 0,05), sendo significante entre regioes (p < 0,05).

[FIGURE 1 OMITTED]

Discussao

O efeito da poluicao ambiental por fluoreto pelo complexo industrial de Cubatao na vegetacao nativa da Serra do Mar tem sido avaliado em folhas de plantas das especies Tibouchina pulchra, Miconia pyrifolia e Cecronia glazioui (2). No presente estudo, utilizamos folhas de Terminalia catappa, popularmente conhecida por chapeu do sol, porque esta e a especie comumente encontrada na arborizacao das ruas tanto da regiao do complexo industrial como na da regiao urbana de Cubatao, possibilitando a comparacao de resultados.

A concentracao de fluoreto encontrada nas folhas das arvores chapeu do sol, localizadas nas quatro areas urbanas de Cubatao (Figura 1), sugere que a poluicao por fluoreto neste local nao deve ser considerada grave porque o valor de ate 20 [micro]g F/g de peso seco de folha tem sido considerado normal (8).

Entretanto, a concentracao encontrada nas folhas das arvores localizadas na regiao das fa bricas de fertilizantes e preocupante porque valores maiores que 90 [micro] F/g podem causar impacto ambiental severo (9). A alta concentracao encontrada, tanto em 1996 como em 2006 (Figura 1), e coerente com aquela encontrada em Cubatao em 1994 (5) e 2001 (10) na vegetacao do vale do rio Mogi. Por outro lado, esta concentracao encontrada ao redor das fabricas de fertilizantes parece nao atingir a zona urbana de Cubatao, onde baixa concentracao nas folhas foi encontrada nas regioes avaliadas (Figura 1). Assim, o impacto no ecossistema deve atingir nao so a fauna e flora ao redor das fabricas de fertilizantes, como pode afetar a saude de pessoas trabalhando (11) ou vivendo nas proximidades dessas industrias.

Deve ser destacado que a poluicao por fluoreto em Cubatao tem sido atribuida a emissao de poluentes pelas fabricas de fertilizantes (2) e, de fato, nao encontramos alta concentracao de fluoreto nas folhas de chapeu do sol localizadas ao redor das demais industrias locais (dados nao mostrados). Tambem deve ser enfatizado que o poluente deve ser gasoso (1) e nao particulado aereo, desde que a concentracao encontrada e a mesma, lavando-se ou nao as folhas (dados nao mostrados).

Em conclusao, os dados sugerem que poluicao ambiental por fluoreto em Cubatao nao melhorou nos ultimos dez anos o que deve servir de alerta para os possiveis efeitos ambientais.

Colaboradores

PT Tagawa foi responsavel pela coleta das amostras em 2006, colaboracao nas analises e participacao na redacao do artigo. DL Moruzzi foi responsavel pela coleta das amostras em 1996, redacao da monografia de 1996 e participacao na redacao do artigo. JA Cury e o autor intelectual do trabalho, responsavel pelas analises, interpretacao dos dados e redacao do artigo.

Agradecimentos

Ao tecnico do laboratorio de Bioquimica Oral da FOP-UNICAMP, Sr. Waldomiro Vieira Filho, pela colaboracao nas analises de ion fluor, e a cirurgia-dentista Claudia Rodrigues pelo auxilio durante a coleta de amostras feita em 1996.

Referencias

(1.) Smith FA, Ekstrand J. The occurrence and chemistry of fluoride. In: Fejerskov O, Ekstrand J, Burt BA, editors. Fluoride in Dentistry. 2nd ed. Copenhagen: Munksgaard; 1996. Chapter 1.

(2.) Klumpp A, Domingos M, Klumpp G. Assessment of the vegetation risk by fluoride emissions from fertilizer industries at Cubatao, Brazil. Sci Total Environ 1996;192:219-228.

(3.) Hoflich BL, Weinbruch S, Theissmann R, Gorzaw ski H, Ebert M, Ortner HM, Skogstad A, Ellingsen DG, Drablos PA, Thomassen Y. Characterization of individual aerosol particles in workroom air of aluminum smelter potrooms. J Environ Monit. 2005; 7(5):419-424.

(4.) Mukherjee AK, Ravichandran B, Bhattacharya SK, Ahmed S, Roy SK, Thakur S, Roychowdhury A, Saiyed HN. Environmental pollution in rural areas of Orissa state due to industrial emissions--with special reference to fluoride. Indian J Environ Health. 2003; 5(4):325-334.

(5.) Klumpp A, Domingos M, Moraes RM, Klumpp G. Effects of complex air pollution on tree species of the Atlantic rain forest near Cubatao, Brazil. Chemo sphere 1998; 36:989-994.

(6.) Moruzzi DL, Sewel MCD, Cury JA. Avaliacao de indicadores de poluicao ambiental por fluoretos a partir do Polo Industrial de Cubatao, SP [monografia]. Araras (SP): Faculdade de Odontologia, Universidade de Araras; 1996.

(7.) Ayres M, Ayres Jr M, Ayres DL, Santos AS. BioEstat 2.0: Aplicacoes Estatisticas em Ciencias Biologicas e Medicina. Belem: Sociedade Civil Mamiraua; Brasilia: CNPq; 2000.

(8.) Weinstein LH. Fluoride and plant life. J Occup Med 1977;19:49-78.

(9.) Scholl G. Ein biologisches Verfahren zur Bestimmung der Herkunft und Vorbreitung von Fluorverbibdungen in der Luft. Landw Forsch 1971;26:29-35.

(10.) Furlan CM, Domingos M, Salatino A. Effects of initial climatic conditions on growth and accumulation of fluoride and nitrogen in leaves of two tropical tree species exposed to industrial air pollution. Sci Total Environ 2007; 374(2-3):399-407.

(11.) Seki CT, Buschinelli JT, Ferreira LL, Matallo MR, Morita SM. Comunicacao sobre fluorose. Rev bras saude ocup 1982; 9:48-49.

Artigo apresentado em 18/06/2007

Aprovado em 14/12/2007

Priscilla Torres Tagawa [1] Durval Libutti Moruzzi [2] Jaime Aparecido Cury [1]

[1] Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas. Av. Limeira 901, Caixa Postal 52. 13414-903 Piracicaba SP. prittagawa@hotmail.com

[2] Prefeitura Municipal de Santos.
COPYRIGHT 2009 Associacao Brasileira de Pos-Graduacao em Saude Coletiva - ABRASCO
No portion of this article can be reproduced without the express written permission from the copyright holder.
Copyright 2009 Gale, Cengage Learning. All rights reserved.

Article Details
Printer friendly Cite/link Email Feedback
Title Annotation:ARTIGO ARTICLE
Author:Tagawa, Priscilla Torres; Moruzzi, Durval Libutti; Cury, Jaime Aparecido
Publication:Ciencia & Saude Coletiva
Article Type:Report
Date:Dec 1, 2009
Words:1445
Previous Article:Microbiological monitoring of underground waters in cities of the Extreme West of Santa Catarina State/ Monitoramento microbiologico de aguas...
Next Article:Analysis of the work process of environmental surveillance agents in the city of Olinda, Pernambuco State/Analise do processo de trabalho dos agentes...
Topics:

Terms of use | Privacy policy | Copyright © 2022 Farlex, Inc. | Feedback | For webmasters |