Printer Friendly

FATORES DESENCADEANTES DA OBESIDADE INFANTIL: GENETICA E AMBIENTE.

O Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercicio--IBPEFEX--trabalhando com o objetivo de publicar/divulgar a producao cientifica no ambito da Nutricao, da Obesidade e do Emagrecimento atraves da Revista Brasileira de Obesidade, Nutricao e Emagrecimento--RBONE--vem apresentar aos seus colaboradores o volume 10 de numero 58 em 2016.

A obesidade e uma doenca causada por uma complexa interacao entre o ambiente, a predisposicao genetica e o comportamento humano. Nas ultimas decadas, sua prevalencia aumentou significativamente em todas as faixas etarias, tornando-se uma epidemia e acometendo, de acordo com a Organizacao Mundial de Saude, mais de 300 milhoes de pessoas em todo mundo.

A Obesidade e importante fator de risco para varias doencas incluindo diabetes tipo 2, hipertensao, doencas cardiovasculares e cancer, e vem aumentando em frequencia e gravidade em criancas e adolescentes em todo mundo.

Os fatores que poderiam explicar o aumento crescente do numero de individuos obesos parecem estar mais relacionados as mudancas no estilo de vida e aos habitos alimentares.

Varios trabalhos cientificos evidenciam que a obesidade infantil esta inversamente relacionada a pratica de atividade fisica sistematica e diretamente relacionada com consumo excessivo de gordura e acucar, consumo insuficiente de frutas e hortalicas, maior tempo de tela (televisao, celular, computador, videogame), maior renda familiar e ser unigenito (a).

Alem dos fatores comportamentais e ambientais associados a obesidade e importante observar se a crianca possui pre-disposicao genetica. De fato, estudos com gemeos sugerem que, pelo menos, 50% da tendencia de desenvolver obesidade e herdadas dos pais.

A descoberta de uma possivel acao do gene FTO (Fat Mass and Obesity Associated) por Frayling e colaboradores (2007) no desenvolvimento da obesidade tem atraido atencao consideravel de pesquisadores. Este gene e constituido por dois alelos (A e T), sendo o A relacionado diretamente a um maior acumulo de gordura corporal, principalmente, quando se apresenta na forma duplicada AA. Assim, para cada copia do alelo A que o individuo possui, geralmente, corresponde a um aumento de 0,4 kg/[m.sup.2] no Indice de Massa Corporal, o IMC.

A funcao exata do gene FTO ainda nao foi esclarecida. Em camundongos e humanos encontrou-se uma alta expressao no cerebro, especificamente, no hipotalamo, cuja regulacao e promovida pelo jejum. Isso sugere um possivel papel no controle da homeostase energetica com produto do FTO atuando como regulador primario do acumulo de gordura corporal.

Portanto, considerando a importancia da obesidade no contexto de saude publica global e a disparidade de prevalencia em criancas brasileiras torna-se importante determinar a real contribuicao do fator genetico nesse publico bem como promover acoes que provoquem mudanca no comportamento da crianca e de seus familiares como prevencao e/ou reversao da doenca.

Nesse sentido e seguindo nossos propositos ao qual nos empenhamos que e o de publicar/divulgar sobre a Nutricao, a Obesidade e o Emagrecimento, apresentamos a voce, mais uma edicao da RBONE, com 5 trabalhos.

Sendo assim, os editores agradecem a todos os autores que colaboraram com o envio de suas pesquisas/estudos para a revista.

Dessa forma, convidamos a todos a continuarem colaborando e que submetam os resultados de suas pesquisas/estudos para a RBONE.

Boa leitura a todos, de mais um numero da RBONE.

Cordialmente,

Isabel Cristina de Oliveira Almeida

Nutricionista, Mestranda no Programa de Pos Graduacao Stricto Sensu em Saude do Adulto e da Crianca/UFMA, Membro do Grupo de estudos em Genetica e Esportes--GENES do Departamento de Educacao Fisica/UFMA.
COPYRIGHT 2016 Instituto Brasileiro de Pesquisa e Ensino em Fisiologia do Exercicio. IBPEFEX
No portion of this article can be reproduced without the express written permission from the copyright holder.
Copyright 2016 Gale, Cengage Learning. All rights reserved.

Article Details
Printer friendly Cite/link Email Feedback
Title Annotation:EDITORIAL
Author:Almeida, Isabel Cristina de Oliveira
Publication:Revista Brasileira de Obesidade, Nutricao e Emagrecimento
Date:Sep 1, 2016
Words:567
Previous Article:Ilex paraguariensis: bioactive compounds and nutritional properties in health/ ILEX PARAGUARIENSIS: COMPOSTOS BIOATIVOS E PROPRIEDADES NUTRICIONAIS...
Next Article:Strength training and its efficacy in treating obesity: a systematic review/EXERCICIO CONTRA RESISTENCIA E SUA EFICACIA NO TRATAMENTO DA OBESIDADE:...

Terms of use | Privacy policy | Copyright © 2021 Farlex, Inc. | Feedback | For webmasters |