Printer Friendly

Canine transmissible venereal tumor with bone lysis in the mandibule of a boxer dog/Tumor venereo transmissivel canino com lise ossea de mandibula em boxer/Tumor venereo transmisible com lisis osea en la mandibula de un boxer.

INTRODUCAO

O tumor venereo transmissivel canino (TVTC) e uma neoplasia transplantavel contagiosa que acomete caes sem predilecao por raca ou sexo. Este pode comprometer a genitalia externa bem como outras regioes corporeas do animal (1,2). O TVTC apresenta-se nas caracteristicas macroscopicas coloracao vermelha, mal delimitado, proeminente, mole, friavel, ulcerado, hemorragico, habitualmente necrosado e com infeccao bacteriana superficial (3). Metastases sao raras, sendo reportada em menos de 5% dos casos (4,5), nesses pacientes sao observados a ocorrencia em linfonodos, cavidade nasal, figado, pancreas, encefalo, lingua e rins (5,6). Este relato descreve a ocorrencia incomum de TVTC na regiao mandibular de um cao Boxer.

RELATO DE CASO

Foi atendido no Servico de Clinica Medica de Pequenos Animais do Hospital Veterinario Roque Quagliato das Faculdades Integradas de Ourinhos--FIO, um cao macho, da raca boxer, nove anos de idade e peso corporal de 23,8 kg com queixa de aumento de volume em gengiva com sangramento pela cavidade oral. Ao exame fisico, apresentou-se com atitude alerta, hidratado e sem alteracoes nos outros sistemas organicos. Nao foram constatadas alteracoes no hemograma completo. Posteriormente no exame radiografico de cabeca, foi observado aumento de tecidos moles (densidade radiografica de agua) na regiao da mandibula esquerda ramo horizontal, com area de lise ossea. Observou-se na regiao dos dentes incisivos perda das estruturas osseas que compoem o periodonto. O diagnostico, portanto, se obteve atraves da puncao aspirativa por agulha fina (PAAF), do aumento de volume referido anteriormente, onde se observou celulas com nucleos redondos a ovais, excentricos e anisocariose moderada. Cromatina grosseiramente granular com um ou dois nucleolos proeminentes, hipercromasia nuclear e macrocariose, tal qual descrito na literatura (6-8). O citoplasma mostrou-se discretamente basofilico com multiplos vacuolos pequenos e claros, caracterizando um TVTC. O tratamento instituido foi a administracao semanal de sulfato de vincristina por via endovenosa na dose 0, 025 mg/Kg e acompanhamento com hemograma. Os hemogramas tiveram o intuito de avaliar a series branca e vermelha do paciente, que durante todo o tratamento, as pequenas alteracoes nao se mostraram dignas de nota para abordagem terapeutica. A partir da segunda semana de tratamento observou-se diminuicao dos tecidos onde se localizava a neoplasia inicial. No fim da oitava semana, foi realizado exame radiografico da regiao da mandibula, constatando-se que ocorreu a reducao do processo de lise ossea no ramo horizontal da mandibula, nas estruturas moles adjacentes onde se localizava inicialmente a lesao causada pelo TVTC, nao se observava macroscopicamente a presenca de tecidos neoplasicos.

DISCUSSAO

O diagnostico do tumor venereo transmissivel canino foi concluido com base nos achados citologicos pelo metodo de PAAF. TVTC e considerado uma neoplasia transplantavel que acomete caes sem predilecao por raca ou sexo (1,9) no entanto, nao ha relatos sobre o acometimento deste na regiao mandibular, neste paciente o tecido neoplasico se encontrava adjacente ao corpo do ramo horizontal da mandibula e se apresentava intensas areas de reabsorcao ossea, esta pode ter sido causada pela presenca do TVTC e pelo aumento de tecidos moles circunjacentes. Esta neoplasia caracteriza-se por apresentar celulas com nucleos redondos a ovais, frequentemente excentricos, de tamanho variavel. A cromatina e grosseiramente granular com um ou dois nucleolos proeminentes. Padroes de hipercromasia nuclear e macrocariose podem ser observados (7,8). O citoplasma e discretamente basofilico com multiplos vacuolos pequenos e claros perinucleares. A presenca de figuras mitoticas e celulas inflamatorias podem estar presentes com esta neoplasia (8, 9). Entretanto, observou-se que o padrao celular encontrado neste local de lesao, nao difere dos padroes celulares de sitios comuns como, a regiao da genitalia externa masculina e feminina dos caes. O diagnostico diferencial deve ser feito com outras neoplasias de celulas redondas, como pela localizacao, o melanoma, que pode ter uma apresentacao amelanocitica o que acaba complicando o seu diagnotico. O tratamento neste relato, esta de acordo com os achados de literatura, que se baseia na administracao unica semanal do sulfato de vincristina, sendo necessario de quatro a seis aplicacoes (10,11). Autores relatam que em muitos casos, devido ao aumento de resistencia da neoplasia ao sulfato de vincristina, esse numero de administracoes vem aumentando (10,12). Neste relato foi necessario o emprego de oito administracoes de sulfato de vincristina na dose 0,025 mg/kg para o desaparecimento macroscopico da lesao inicial.

CONCLUSAO

O exame citopatologico pelo metodo de PAAF e um procedimento rapido, pouco invasivo, seguro e que pode ser rotineiramente empregado nos aumentos de volume, sendo fundamental para o diagnostico do TVTC e seu posterior tratamento. Sugere-se a inclusao como diagnostico diferencial para aumento de volume com ou sem sangramento espontaneo esta neoplasia, apesar de ser incomum sua ocorrencia na regiao mandibular. Neste paciente o exame radiografico foi empregado como ferramenta util no acompanhamento da reacao ossea inicial, causada pelo tecido neoplasico e sua regressao nesta regiao apos o tratamento.

Palavras-chave: PAAF, cao, quimioterapia.

REFERENCIAS

(1.) Amaral AS, Gaspar LFJ, Silva SB, Rocha NS. Diagnostico citologico do tumor venereo transmissivel na regiao de Botucatu, Brasil (estudo descritivo: 1994-2003). Ver Portuguesa de Cien. Vet. 2004; 99: 167-71.

(2.) Perez J, Batista MJ, Carrasco L, Gomez-Villamandos JC, Mozos E. Primary extragenital occurence of transmissible veneral tumors: three cases report. Can Pract. 1994; 19:7-10.

(3.) Raskin RE. Pele e Subcutaneo. In: Raskin RE, Meyer DJ. Atlas de citologia de caes e gatos. Sao Paulo: Roca, 2003. p. 74.

(4.) Kroger D, Grey RM, Wachtel A. An unusual presentation of canine transmisible venereal tumour. Can Pract. 1991; 16: 17-21.

(5.) Yang TJ. Metastatic tramissible veneral sarcoma in a dog. JAVMA. 1987; 190: 5556.

(6.) Vicente WRR, Laus JL, Toniollo GH. Tumor venereo transmissivel (TVT) com metastases intra abdominais. Ars Vet. 1987; 3: 223-6.

(7.) Bosco CM, Tontis DK, Samartzi FC. Cutaneos involvement of TVT in dog: a report of two cases. Vet Rec. 1999; 24: 6-11.

(8.) Erunal-Maral N, Findik M, Aslan S. Use of exfoliative cytology for diagnosis of transmissible veneral tumour an controlling the recovery period in the bitch. Dtsch Tierarztl Wochenschr. 2000; 107: 175-80.

(9.) Varaschin MS, Wouters F, Bernins VMO, Soares TMP, Tokura VN, Dias MPLL. Tumor venereo transmissivel canino na regiao de alfenas, Minas Gerais: forma de apresentacao clinico-patologicas. Clin Vet. 2001; 32: 332-8.

(10.) Andrade SF. Antineoplasicos. In: Andrade SF. Manual de terapeutica veterinaria, 3a ed. Sao Paulo: Roca, 2008. p. 202-224.

(11.) Souza J, Saito V, Nardi AB, Rodaski S, Guerios SD, Bacila M. Caracteristicas e incidencia do tumor venereo transmissivel (TVT) em caes e eficiencia da quimioterapia e outros tratamentos. Arch Vet Sci. 2000; 5: 41-48.

(12.) Couto CG. Complicacoes da quimioterapia do cancer. In: Nelson RW, Couto CG. Medicina interna de pequenos animais. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2001. p. 869-871.

Fernando Simonetti [1], Tiago Torrecillas Sturion [1], Marco Aurelio Torrecillas Sturion [1], Domingos Jose Sturion [1], Mario Henrique Bariani [1], Freddi Bardela de Souza [1], Carla Fredrichsen Moya-Araujo [1], Andre Luiz Torrecillas Sturion [2]

[1] Faculdade de Medicina Veterinaria Roque Quagliato--FIO. Rodovia BR 153, km 339 + 400m--Bairro Agua do Cateto--Ourinhos/SP. CEP:19909-100. Email.: Tiagotsturion@yahoo.com.br

[2] Medico Veterinario--CEDIVET--Londrina/PR
COPYRIGHT 2011 Universidade Estadual Paulista. Facultade de Medicina Veterinaria e Zootecnia
No portion of this article can be reproduced without the express written permission from the copyright holder.
Copyright 2011 Gale, Cengage Learning. All rights reserved.

Article Details
Printer friendly Cite/link Email Feedback
Author:Simonetti, Fernando; Sturion, Tiago Torrecillas; Sturion, Marco Aurelio Torrecillas; Sturion, Doming
Publication:Veterinaria e Zootecnia
Date:Jun 1, 2011
Words:1164
Previous Article:Benign peripheral nerve sheath tumor in a mule/Tumor benigno da bainha neural periferica em um mula/Neoplasia benigna de la vaina neuronal periferica...
Next Article:Primary cutaneous transmissible venereal tumour: case report/Tumor venereo transmissivel cutaneo primario: relato de caso/Tumor venereo transmisible...
Topics:

Terms of use | Privacy policy | Copyright © 2020 Farlex, Inc. | Feedback | For webmasters