Printer Friendly

Apresentacao.

Caro leitor,

A partir deste numero, a Revista de Administracao Mackenzie (RAM) estara sob minha coordenacao.

Antes de apresentar o seu conteudo, faco um agradecimento a Walter Bataglia, que coordenou o periodico por varios anos e realizou um trabalho muito louvavel, conduzindo a revista para o conceito Bi Capes e abrindo mais espacos para a sua visibilidade nacional.

Hoje, 15 anos apos a sua criacao pelo Programa de Pos-Graduacao em Administracao de Empresas da Universidade Presbiteriana Mackenzie (PPGA-UPM), tendo como seu coordenador fundador o Moises Ari Zilber, a RAM tem um reconhecimento nacional pela qualidade de seus artigos e pela quantidade crescente de autores que realizam submissoes anualmente.

Espero manter a qualidade da RAM e envidar esforcos no sentido de conduzi-la para classificacoes que envolvam indices de impacto. Acredito que nao sera uma tarefa tao facil. Isso porque, alem de manter a qualidade dos artigos publicados, serao necessarios outros tipos de esforcos de carater estrategico, financeiro e politico para alcancar patamares mais elevados no contexto de publicacoes academicas ligadas as areas de Administracao e afins. O desafio esta lancado!

Espero continuar contando com a colaboracao de todos os editores associados e dos avaliadores, que sao, em essencia, quem proporcionam o toque de qualidade para a RAM, e agradeco a coordenacao do PPGA e da diretoria do Centro de Ciencias Sociais Aplicadas (CCSA-UPM) pela confianca depositada em mim, no sentido de assumir esta coordenacao.

Nesta edicao sao apresentados oito artigos. No primeiro deles, Marcos Junior de Moura-Paula traz visoes de pesquisadores de gestao e areas afins sobre como o silencio nas organizacoes tem sido estudado. Destaca que a analise desse tema e relevante devido as diversas consequencias para os empregados, como o estresse, a angustia, a autoestima e a dissonancia cognitiva. Alem disso, existem os impactos para as organizacoes e para a sociedade relativos ao absenteismo, a rotatividade, a produtividade e as ilegalidades cometidas pelas organizacoes.

No segundo artigo, Lauisa Barbosa Pinto, Christiane Batista de Paulo Lobato, Alessandro Vinicius de Paula e Flavia Luciana Naves Mafra adotam uma abordagem qualitativa para desenvolver um estudo observacional de um ambiente social ficticio da animacao infantil Bob Esponja, desvelando como ela pode representar um "modelo ideal/padrao do bom trabalhador" apresentado para o publico infanto-juvenil. Os quatro episodios analisados servem de pano de fundo para uma reflexao sobre os relacionamentos organizacionais e as dualidades/contrastes (prazer e sofrimento) de percepcoes e subjetividades presentes nesse contexto.

A questao que se responde com o terceiro artigo e: Que efeito a mudanca do modelo de remuneracao variavel para remuneracao por subsidio causa no comprometimento organizacional no ambito da carreira de auditoria do fisco federal? Maria Joselice Lopes de Oliveira, Augusto Cezar de Aquino Cabral, Maria Naiula Monteiro Pessoa, Sandra Maria dos Santos e Vivianne Pereira Salas Roldan investigaram a relacao do comprometimento organizacional com os modelos de remuneracao variavel e por subsidio. Foram considerados dois momentos distintos de forma de remuneracao: sob o regime de pagamento variavel, vinculado ao desempenho individual e ao alcance de metas da organizacao; e sob a forma de remuneracao por subsidio, sem qualquer vinculo com as metas organizacionais ou desempenho individual.

No quarto artigo, Jose Roberto Cajaiba de Oliveira, Wendel Alex Castro Silva e Elisson Alberto Tavares Araujo tiveram por objetivo central identificar se a presenca de caracteristicas comportamentais (CCEs) nos proprietarios de MPEs do Vale do Mucuri e Jequitinhonha/MG e determinante para a longevidade dessas empresas.

Tres grupos de empreendedores foram categorizados pela longevidade das empresas para aferir uma possivel diferenca quanto a presenca das caracteristicas de acordo com a idade destas empresas. Constatou-se que as unicas caracteristicas que divergiram na discriminacao dos tres grupos de longevidade foram "Ser independente/autoconfianca" e "Relacionamento pessoal e lideranca". Conclui-se que, a partir da percepcao dos empreendedores, a presenca da maioria das CCEs nao estaria diretamente associada a longevidade das empresas, fortalecendo achados anteriores no Brasil.

Geovanne Dias de Moura, Patricia Siqueira Varela e Ilse Maria Beuren desenvolveram um estudo em que o objetivo e verificar se empresas com maiores proporcoes de ativos intangiveis no ativo total e melhores praticas de governanca corporativa apresentam maior conformidade com o disclosure obrigatorio de tais ativos. A pesquisa tem como base a percepcao de que o cenario economico mundial e caracterizado por uma intensa concorrencia empresarial, que, combinada com o aparecimento de novas tecnologias e o aumento das exigencias dos clientes, tem resultado em ambientes de mudancas rapidas e constantes. Nesse contexto, os ativos tangiveis que ja foram tratados em outro momento como "simbolos de prosperidade e sucesso empresarial" estao perdendo espaco para os ativos intangiveis como marcas, patentes, softwares de computador, direitos autorais e carteiras de clientes.

No sexto artigo, Sergio Augusto Pereira Bastos e Graziela Fortunato procuram responder a seguinte questao: qual e o valor da flexibilidade obtida pela conversao de um veiculo leve flex--movido a gasolina ou etanol--para o gas natural veicular (GNV)? A resposta e baseada na metodologia de opcoes reais e na simulacao de Monte Carlo, ja que a decisao de abastecer com GNV, gasolina ou etanol, a cada periodo, e totalmente independente da decisao dos periodos anteriores. Foi calculado o valor da flexibilidade obtida pela conversao, considerando incertezas quanto a evolucao dos precos dos combustiveis e a escassez do GNV devido a pouca capilaridade de postos com oferta deste combustivel.

Alberto Borges Matias, Gislaine de Miranda Quaglio, Joao Paulo Resende de Lima e Vinicius Medeiros Magnani, apresentam, em artigo de carater descritivo, uma comparacao do segmento de cooperativas de credito com o segmento bancario publico e privado, analisando o indice de eficiencia dos dois segmentos indicados no periodo entre 2002 e 2012. Alem do indice de eficiencia, sao verificadas as evolucoes vertical e horizontal da renda de prestacao de servicos, considerada na literatura um componente significativo no desempenho das instituicoes financeiras em geral.

A pesquisa relatada no oitavo artigo, produzido por Jurandir Peinado e Alexandre Reis Graeml, teve como objetivo analisar a producao cientifica em Gestao de Operacoes em periodicos cientificos nacionais, no periodo de 2001 a 2010, procurando identificar as tematicas de maior interesse dos pesquisadores e os grupos de pesquisa mais atuantes a partir de uma amostra de 3.224 artigos publicados em 13 periodicos cientificos nacionais, no periodo de 2001 a 2010.

Boa leitura!

http://dx.doi.org/10.1590/1678-69712014/administracao.v15n5p12-14

Silvio Popadiuk

Editor academico
COPYRIGHT 2014 Universidade Presbiteriana Mackenzie
No portion of this article can be reproduced without the express written permission from the copyright holder.
Copyright 2014 Gale, Cengage Learning. All rights reserved.

Article Details
Printer friendly Cite/link Email Feedback
Title Annotation:texto en portugues
Author:Popadiuk, Silvio
Publication:Revista de Administracao Mackenzie
Article Type:Editorial
Date:Sep 1, 2014
Words:1050
Previous Article:Absorptive capacity, environmental turbulence, and organizational performance: a study in retail companies in Santa Catarina, Brazil/Capacidade de...
Next Article:Silence in organizations: a review and discussion of the literature/Silencio nas organizacoes: uma revisao e discussao da literatura/Silencio en las...

Terms of use | Privacy policy | Copyright © 2018 Farlex, Inc. | Feedback | For webmasters